7 Janeiro 2017      12:29

Está aqui

PROJETO ALENTEJANO QUER INOVAR NA PRODUÇÃO DE VINHOS

É em pleno Alentejo, em Beja, que o CEBAL – Centro de Biotecnologia Agrícola e Agro-Alimentar está a desenvolver um projeto que se prevê inovador na produção de vinhos.

Desenvolvido em conjunto com a Comissão Vitivinícola Regional Alentejana, o projeto vai ser dado a conhecer numa demonstração sob o nome “Tecnologia de Membranas em Movimento” que decorrerá dia 11, nos laboratórios do CEBAL em Beja, e num um seminário para disseminação do conhecimento em Évora, no dia 18, na CCDR Alentejo.

O objetivo é dar a conhecer a aplicabilidade no sector do vinho do trabalho científico desenvolvido em redor da Tecnologia de Membranas na sua vertente técnico-científica, bem como aplicabilidade, numa perspetiva de ferramenta útil para a inovação na produção do vinho, e boas práticas na gestão ambiental.

As inscrições para os dois momentos são gratuitas, mas obrigatórias.

O Centro de Biotecnologia Agrícola e Agro-Alimentar do Alentejo (CEBAL) é uma unidade de investigação e desenvolvimento privada, sem fins lucrativos, sediada na cidade de Beja, e desenvolve a sua actividade em estreita ligação com o tecido económico local.

A atividade do centro está direcionada para identificação e o desenvolvimento de novas oportunidades que possam ser aplicáveis à região nomeadamente nas áreas da produção vegetal, na produção animal, no processamento e melhoria dos produtos agrícolas e alimentares, na implementação de processos que permitam a obtenção de valor acrescentado a partir de sub-produtos e resíduos e na pesquisa de formas de valorização de matérias-primas tradicionais.

O CEBAL conta com a colaboração de 7 investigadores doutorados. 

 

wallpaperscraft.com

CAPTCHA
Image CAPTCHA
Escreva o caracteres que vê na imagem do lado direito.