23 Fevereiro 2020      11:05

Está aqui

Preto

Preto.

O caminho está colorido com um preto delicado e eu estou perdida.

De repente

estou numa casa.

Nunca tinha chegado a esta casa. Sempre estivera muito distante. Há quadros pendurados que gritam agressivamente comigo. Lâmpada que ameaçam tocar na minha face. Uma corrente de ar abraça o meu pescoço. Sou facilmente invadida por maus pressentimentos.

Continuo perdida.

Tento agora caminhar. Voltar à vida. Dou dois passos. Será que consigo subir as escadas?

Devagar, consigo; certo? Já caíra de várias escadas. Mas nenhuma delas me segurava tão firmemente como estas. Eu consigo.

Quando dou por mim, estou no topo e um sorriso ocupa a minha face. Olho para baixo, percebendo a longa distância entre mim e o chão. Aterroriza-me. Quero fugir. Quero abrir os olhos. Quero gritar.

Respiro fundo.

A casa continua fria e escura. As paredes esforçam-se para falar comigo, mas é em vão.

Há alguém ao fundo do corredor. Não consigo perceber. Como é que vim parar ao corredor em questão de segundos? É um gato. Aproximo-me e este corre.

Encontro-me agora noutra divisão.

Percorro o quarto quase de olhos fechados sem perceber. Como se fosse instintivo.

Mas e se

o instinto estiver a falhar?

Caminho, caminho e caminho sem saber o destino. Há plantas que me intoxicam com o seu perfume. Corro ao mesmo tempo que as minhas lágrimas marcam o meu trajeto no chão de madeira.

Tenho medo.

Afinal de contas, estou perdida.

As minhas mãos estão tão frias quanto a noite lá fora. O meu coração berra tanto quanto a chuva que bate nas janelas que, de repente, já surgiram.

Os meus olhos, com algum custo, analisam com o intuito de encontrar algo familiar.

Não encontro.

Apesar de me sentir em perigo, paro de chorar.

Eu não pertenço aqui.

Não há luz e eu sou uma pessoa do dia.

Caí das escadas.

Estou no chão.

Sinto os arranhões já formados a queimarem-me.

Ajuda-me.

--------------------

Rita Medinas, natural de Reguengos de Monsaraz, com dezoito anos e estudante do Curso de Português na Universidade de Coimbra.

CAPTCHA
Image CAPTCHA
Escreva o caracteres que vê na imagem do lado direito.