4 Julho 2020      14:08

Está aqui

Portalegre pede o fecho da central nuclear de Almaraz

Adelaide Teixeira - presidente da Câmara de Portalegre

A Câmara Municipal de Portalegre, reuniu ordinariamente, na passada semana, e, face aos noticiados acontecimentos de que, na última semana, teriam acontecido anomalias regulares e duas paragens na Central Nuclear de Almaraz, em Espanha - a cem quilómetros de Portugal – a autarquia decidiu avançar com uma moção que defende o encerramento desta central.

Este tem sido um assunto de debate constante quer pelos autarcas da raia, quer pelas associações ambientalistas e até mesmo ao nível da União Europeia, onde o eurodeputado alentejano Carlos Zorrinho tem também assumido esta batalha pelo fecho da central nuclear espanhola.

Em caso de um acidente grave nesta central, serão os distritos de Castelo Branco, Portalegre e Santarém as áreas do território português afetadas mais rapidamente e com maior gravidade por uma eventual propagação de gases e poeiras radioativas.

Apesar de ser consensual que a central de Almaraz está obsoleta e em final de ciclo de vida útil, o seu encerramento foi novamente adiado nos últimos meses, como noticiámos em maio passado, O seu período de vigência terminava no passado junho, mas foi alargado até outubro de 2028.

Assim, e uma vez que os últimos acontecimentos são preocupantes, foi entendimento da Câmara Municipal de Portalegre que a manutenção em funcionamento da Central Nuclear de Almaraz representa um risco e um perigo cada vez mais acrescido não só em termos ambientais, mas também para a saúde e vida dos cidadãos, reclamando o seu encerramento no mais curto prazo possível.

Revela ainda a autarquia alentejana que o mais importante é “assegurar os inestimáveis valores da vida, segurança e bem-estar das populações”. Neste sentido, a Presidente da Câmara, Adelaide Teixeira, enviou já um ofício ao Presidente da República e ao Primeiro-Ministro, manifestando a sua preocupação e exortando o Governo Português a intervir, junto do Governo Espanhol, insistindo na necessidade urgente e imediata do encerramento da Central Nuclear de Almaraz em cumprimento, da Resolução da Assembleia da República n.º 107/2016, de 29 de abril.

 

 

Imagem de associacaomovclip.com

CAPTCHA
Image CAPTCHA
Escreva o caracteres que vê na imagem do lado direito.