23 Junho 2019      16:26

Está aqui

O jornalismo é Arte

A população necessita de estar informada. Hoje em dia, quem não está atualizado quanto a tudo o que se passa à sua volta, rapidamente se vai sentir isolado da sociedade. Assim, o jornalismo ganhou uma grande importância nos dias de hoje, sendo conhecido até como “o quarto poder”, atrás dos três grandes poderes: executivo, judicial e legislativo.

Defendo que o jornalismo não é apenas um poder, não é apenas uma forma de comunicar informação. O jornalismo é arte.

Para realizar qualquer tipo de arte é necessário haver paixão e entrega. Estas duas características nunca me faltaram cada vez que entrava em palco para um espetáculo de dança ou apenas quando tocava guitarra para a minha família. Devido ao facto de ter sentido uma paixão semelhante pelo jornalismo, como sentia pelas outras artes, consegui colocar o jornalismo no mesmo patamar que elas e considera-lo também uma arte. Para mim, arte é algo que se realiza com um cunho pessoal, algo que está “fora da caixa” e que nem todos nascem com o dom de o conseguir executar. A arte é desenvolvida por artistas que se baseiam nas suas próprias emoções. Quando estamos a realizar qualquer tipo de arte, pintura, escultura, música, dança… se não estivermos totalmente concentrados nessa tarefa e não colocarmos todos os nossos sentimentos lá, é impossível realizarmos uma boa obra.

Pessoalmente, posso falar da dança, que era a arte mais presente na minha vida. Sempre que eu tinha de dançar uma coreografia, ou apenas realizar uma sequência de passos, o ato de colocar todos os meus sentimentos neles, mudava tudo. Por vezes, nem era necessário ter uma técnica perfeita desde que conseguisse comunicar tudo o que estava inserido naquela coreografia, naqueles passos, naquela música. Era isso o mais desafiante e o que eu gostava mais quando dançava. Ter o poder de mexer com as emoções de quem me estava a ver.

Se considerarmos vários fatores, as artes têm como objetivo passar uma ideia da realidade, juntamente com várias sensações. Se fizermos a comparação, não é nisso que se baseia uma notícia? Quando realizamos uma notícia, seja ela escrita ou apresentada na televisão, o objetivo é comunicar algo que concretamente aconteceu, mas queremos também despertar algum tipo de sentimento para o recetor dessa notícia.

Assim, posso afirmar novamente, que o jornalismo é arte.

 

 

Teresa Ribeiro tem 19 anos. É natural de Reguengos de Monsaraz, mas encontra-se a viver e a estudar em Coimbra, onde frequenta o curso de Comunicação Social na Escola Superior de Educação.

Quer ingressar no mundo do jornalismo televisivo, apesar da sua principal paixão ser a dança que,pratica sempre que pode.

 

 

Siga o Tribuna Alentejo no  e no Junte-se ao Fórum Tribuna Alentejo e saiba tudo em primeira mão

CAPTCHA
Image CAPTCHA
Escreva o caracteres que vê na imagem do lado direito.