29 Janeiro 2020      12:59

Está aqui

Não há migas como as de Mora

Já o dissemos o ano passado e voltamos a defender. Não há migas como as de Mora.

Acompanhadas com carne ou de porco frita, usualmente toucinho, entrecosto ou ambos, por vezes de figos ou uvas, as migas são um dos pratos mais emblemáticos do Alentejo, eventualmente criadas por pastores e que podem ser de pão, de batata, espargos ou coentros. E agora é tempo delas, particularmente em Mora, que lhe dedica um mês inteiro, em jeito de festival e para atrair à vila alentejana sobretudo "forasteiros", como refere a autarquia, que as dinamiza.

Ao todo mais de 10 mil doses de migas, mais 2 mil que no ano passado, deverão ser servidas durante a 7ª edição do Mês das Migas que arranca sábado no concelho de Mora, que conta com 11 restaurantes e que transforma fevereiro num dos melhores meses para visitar aquele concelho alentejano e que volta a oferecer este ano as “Migas com Chefe”, onde cozinheiros com percursos profissionais distintos são convidados a cozinhar com as equipas dos restaurantes participantes do Mês das Migas, cujas confeções serão depois dadas a degustar aos visitantes.

 

 

CAPTCHA
Image CAPTCHA
Escreva o caracteres que vê na imagem do lado direito.