14 Setembro 2019      14:37

Está aqui

Há mais edifícios reabilitados em todo o país, menos no Alentejo

De acordo, com nota estatística divulgada pelo Instituto Nacional de Estatística, esta sexta-feira, neste 2.º trimestre de 2019, foram concluídas as obras de mais 19,4% de edifícios – entre construções novas, ampliações, alterações e reconstruções - face ao 2.º trimestre de 2018. Face ao primeiro trimestre deste ano, o aumento foi de 23,1%, tendo ficado concluídos cerca de 3,9 mil edifícios, a grande maioria para habitação familiar.

Apesar deste aumento, nota-se já uma tendência para uma queda em breve, dado a diminuição do número de licenciamentos pedidos.

Mas é nos números da reabilitação de edifícios concluída que o Alentejo entra em dissonância com o restante país, uma vez que, a nível nacional, houve uma tendência de crescimento. No Alentejo, houve uma quebra, em comparação com o mesmo período de 2018, de 18,3%. A área metropolitana de Lisboa e os Açores registaram aumentos de 79,7% e 47,7%, respetivamente.

 

Imagem de construir.pt

CAPTCHA
Image CAPTCHA
Escreva o caracteres que vê na imagem do lado direito.