4 Dezembro 2018      11:25

Está aqui

Mais duas medalhas de ouro para vinhos alentejanos no International Wine Challenge

Há mais duas medalhas de ouro atribuída a vinhos alentejanos. Desta vez foi o “Coutada Velha Signature Tinto 2017” e o “Rapariga da Quinta, tinto 2017 – colheita selecionada –“ no International Wine Challenge.

O “Coutada Velha Signature”, produzido pelo Monte da Ravasqueira e o “Rapariga da Quinta” da Luis Duarte Vinhos foram ambos distinguido com 95 pontos no “International Wine Challenge” de Londres, considerada a mais meticulosa do setor, e que vai na sua 34ª edição.

No total, Portugal conseguiu dez medalhas atribuídas a vinhos alentejanos, entre as dez conquistadas por Portugal, o vinho Coutada Velha Signature Tinto 2017, do produtor Monte da Ravasqueira, surpreendeu o júri da prestigiada competição britânica

O vinho do Monte da Ravasqueira é a partir das castas Aragonês, Trincadeira e Cabernet Sauvignon, este blend de cor granada escura destaca-se pela sua complexidade e estrutura e contou com um estágio de oito meses em barricas de carvalho francês.

O “Rapariga da Quinta” é produzido a partir das castas Aragonês, Alicante Bouschet e Cabernet Sauvignon e com estágio de 6 meses em barricas de carvalho francês.

O IWC destaca-se das restantes competições mundiais pelo “rigor do processo de julgamento”, como sublinhou Charles Metcalfe, copresidente do concurso britânico, fundado em 1984 pelo escritor britânico Robert Joseph, e atualmente gerido pela William Reed Business Media.

 

Siga o Tribuna Alentejo no  e no Junte-se ao Fórum Tribuna Alentejo e saiba tudo em primeira mão

 

 

CAPTCHA
Image CAPTCHA
Escreva o caracteres que vê na imagem do lado direito.