27 Dezembro 2019      10:44

Está aqui

Ligação ferroviária mais curta vai permitir a Sines captar cargas do interior de Espanha

Marco Vale, director-geral da MSC Portugal, concedeu uma entrevista ao Jornal de Negócios – a conversação, conduzida pela jornalista Maria João Babo, abordou o sempre debatido dossier da ferrovia nacional – e os recorrentes atrasos na execução dos investimentos programados pelo Executivo – e articulação e ligação do transporte ferroviário de mercadorias com o sistema portuário nacional e, mais especificamente, Sines. Ligação «mais rápida até Espanha» dará maior competitividade à Medway e a Sines.

Para Marcos Vale a Medway já faz hoje uma ligação diária até Sevilha, mas havendo uma ligação mais rápida e curta até Espanha "com o novo troço que vai ser feito poderemos ser competitivos ao ponto de trazer cargas do interior de Espanha, até de Madrid, para Sines", como detalha a Revista Cargo.

"Estamos em Sines a carregar cargas que antes usavam o porto de Cádis, ou seja, estamos a retirar carga espanhola a um porto espanhol para trazer para um português. Ora reduzindo ainda mais a distância a Espanha ficamos ainda mais competitivos. Para serviços que vão para o outro lado do Atlântico se o navio em vez de ir a Valência parar em Sines são menos dois dias de viagem", explicou o director-geral da MSC Portugal.

 

Imagem de caoa da tibagroup.com

 

CAPTCHA
Image CAPTCHA
Escreva o caracteres que vê na imagem do lado direito.