8 Agosto 2018      15:50

Está aqui

Ferrovia: Cuba exige intervenção urgente na linha do Alentejo

O Município de Cuba denuncia em comunicado o "estado deplorável do serviço ferroviário" e reclama soluções urgentes. A reacção surge na sequência de uma avaria ocorrida na sexta-feira passada durante a realização de um serviço da CP na linha do Alentejo – que terminou com os passageiros com destino a Vila Nova da Baronia, Cuba e Beja a serem assistidos pelos Bombeiros e pela GNR, após uma avaria na composição que os transportava e quando faziam mais de 40 graus de temperatura.

O município considera a situação "grave" e vai avançar com "uma exposição do assunto junto Primeiro-Ministro e do respetivo ministério que tutela os transportes, bem como junto dos demais órgãos políticos de soberania"

Para a autarquia de Cuba, o episódio evidencia bem "o estado a que chegaram os caminhos-de-ferro portugueses, vítimas do desinvestimento de sucessivos Governos, sendo por isso imperativo voltar a olhar com prioridade para este meio de transporte, quer por forma a potenciar o desenvolvimento socioeconómico da região, quer por forma a garantir, de uma vez por todas, a segurança e qualidade do serviço do transporte ferroviário no Alentejo".

Imagem de capa de hiveminer.com

 

Siga o Tribuna Alentejo no  e no Junte-se ao Fórum Tribuna Alentejo e saiba tudo em primeira mão.

 

 

 

CAPTCHA
Image CAPTCHA
Escreva o caracteres que vê na imagem do lado direito.