30 Junho 2016      13:54

Está aqui

ANDAM A "FALAR POR TRÁS DAS COSTAS"

Diz-se por aí que dia 1 de julho, amanhã, será apresentado, pelas 17h00, no bar Avista do "Vitoria Stone Hotel", em Évora, o livro "FALAR POR TRÁS DAS COSTAS" de João Pulquério Paula.

Ouvimos dizer também que este é um dos poucos estudos existentes sobre este fenómeno social, no entanto, não conseguimos confirmar, embora tenham sido várias as pessoas que nos referiram esta informação.

Facto é que este livro é resultado da dissertação de mestrado em Sociologia que realizou na Universidade de Évora subordinada à temática do boato, tendo o autor investigado o fenómeno social do boato em grupos sociais diferentes, desde Professores Universitários, a Enfermeiros e Técnicos Superiores da administração local.

"O boato é um fenómeno discursivo que tem muitas vezes subjacente um intento de mudança, de contrapoder, numa ação furtiva, que se dirige contra o status quo." - In "FALAR POR TRÁS DAS COSTAS"

O boato está institucionalizado e profundamente enraizado na nossa cultura, é algo vulgar a nível social, embora seja nos momentos de descontração que tende a revelar-se mais, quer seja numa pausa para café, ou para um cigarro.

E se pense que boato é sempre depreciativo está engad@, embora a tendência habitual seja a de denegrir, o boato pode também ser positivo e pode ter tanto de inocente, como de maldoso.

O autor deste estudo é João Pulquério Paula. Nasceu em Castelo Branco, mas há muito que vive no Alentejo. Estudou Direito em Lisboa e fixou-se em Évora onde se licenciou em Enfermagem, profissão que desempenha atualmente. É ainda mestre e doutorando em Sociologia. 

CAPTCHA
Image CAPTCHA
Escreva o caracteres que vê na imagem do lado direito.