16 Maio 2020      15:45

Está aqui

Reabre o Centro de Arte e Cultura da FEA em Évora

Já passaram dois meses do encerramento do Centro de Arte e Cultura da Fundação Eugénio de Almeida (FEA), mas segunda, 18 de maio, o centro vai reabrir.

O funcionamento vai cumprir todos os procedimentos necessários de higiene, segurança e distanciamento social, nomeadamente a obrigatoriedade de utilização de máscara a todos os presentes, bem como a desinfeção, higienização e ventilação regular do espaço, conforme indicado pela Direção Geral da Saúde.

Estes procedimentos são os necessários para que se possa continuar a cumprir a sua missão cultural, social espiritual e educativa, no entender da FEA, que retoma a atividade com as exposições “Fahrenheit, a consagração de Babel”, de Luis Costillo, com curadoria de José Ángel Torres, promovida no âmbito da parceria internacional com o MEIAC (Badajoz).

Outra exposição patente é “Saudades dos Cartuxos”, uma exposição de fotografia com curadoria de José Alberto Ferreira.

A programação inclui ainda a inauguração, dia 6 de junho, de “Strata”, da norte-americana Deanna Sirlin. A artista explora materiais contemporâneos, como vinis e outros suportes translúcidos, para criar grandes vitrais marcados pela cor e pela composição luminosa, permitindo a fruição da obra dentro e fora do edifício.

Ainda para este ano, está programada a inauguração das exposições “Ilhéus”, de Moira Forjaz (curadoria de Paola Rolletta), e “Do inesgotável”, de Pedro Calhau (curadoria de Mariana Gaspar Marin).

Também a FEA, ao longo dos últimos meses, se adaptou ao contexto de distanciamento social e promoveu o programa "Fundação Consigo", disponibilizando diversos conteúdos temáticos online, incluindo recursos formativos e informativos, cadernos de atividades pedagógicas, debates, etc.. A FEA vai manter a programação online, que será mantida e reforçada, acessível a todos e a cada um. Adicionalmente, estão previstas atividades públicas ao ar livre, que terão lugar nos jardins e espaços exteriores do Centro de Arte e Cultura.

Mas há mais, até ao final do ano, a entrada no Centro de Arte e Cultura da Fundação Eugénio de Almeida será gratuita. O horário, entre 18 de maio e 11 de setembro, será de terça a domingo, das 10h - 13h e das 14h - 19h; a partir de 12 de setembro, o encerramento será realizado às 18h.

CAPTCHA
Image CAPTCHA
Escreva o caracteres que vê na imagem do lado direito.