1 Setembro 2019      12:17

Está aqui

Évora: Exposições em dose dupla na FEA

No Centro de Arte e Cultura Eugénio de Almeida, em Évora, e até 29 de setembro, há duas exposições que não vai querer perder: Studiolo XXI, Desenho e afinidades e Maria Lino, Lâmina olhar animal.

A primeira, “Studiolo XXI, Desenho e afinidades”, é uma exposição coletiva e conta com desenhos de artistas conceituados como: Júlio Pomar, Júlio Resende, José Pedro Croft, Pedro Calapez, Álvaro Lapa, Alice Geirinhas, João Cutileiro, Ana Hatherly, Álvaro Lapa, António Palolo; Albuquerque Mendes, Cristina Ataíde, Sofia Pidell ou Sebastião Resende. São obras de mais de 180 artistas, nacionais e estrangeiros num percurso que nos permite fruir a lentidão ou a fugacidade, a duração ou sofreguidão.

A segunda, “Maria Lino - lâmina olhar animal” é a mais ampla mostra realizada em Portugal do trabalho de uma artista portuguesa, uma das carreiras mais notáveis fora de portas (viveu mais de 30 anos na Alemanha, onde tem uma parte significativa da sua obra), e que permanece uma razoável desconhecida em Portugal, habitando e trabalhando numa pequena aldeia da Beira Alta - o Feital (Trancoso).

Maria Lino uma exposição que que reúne desenhos, esculturas, objetos e material documental, muitos dos quais inéditos, constitui um pretexto feliz e uma oportunidade de dar a conhecer melhor esta artista e as formas como a sua obra - centrada na relação com o lugar, com a natureza -, perscruta as coisas no mundo e o mundo nas coisas.

 

 

 

CAPTCHA
Image CAPTCHA
Escreva o caracteres que vê na imagem do lado direito.