22 Janeiro 2020      11:15

Está aqui

Évora ensina a combater o inimigos do olival respeitando o ambiente

O Pólo da Mitra da Universidade de Évora recebe no próximo dia 27 de janeiro um seminário sobre proteção fitossanitária do olival que abordará novos métodos de combate aos inimigos-chave do olival, através de métodos ambientalmente sustentáveis.

Segundo a organização o desenvolvimento de produções agrícolas e agroalimentares tecnologicamente evoluídas e orientadas para a exportação estão apostar em estratégias que acompanhem as tendências de mercado, que revelam uma procura cada vez mais significativa para produtos de produção biológica e ambientalmente responsáveis.

A formação procura promover uma maior integração de métodos de luta mais sustentáveis e com menor impacto ambiental, como a utilização de métodos de luta biotécnica (captura em massa). Por sua vez, o melhor conhecimento dos inimigos chave do olival e da fauna auxiliar associada, permitirá uma maior eficácia na sua limitação com menor impacto ambiental.

A resistência da mosca-da-azeitona e impacto desta na limitação da praga; a caracterização molecular da traça-da-oliveira como contributo para o seu conhecimento no olival alentejano; o desenvolvimento de estações-armadilha autónomas, para captura em massa da mosca-da-azeitona, com utilização em olivais extensos/intensivos e a presença e abundância dos vectores da bacteriose Xylella fastidiosa, causadora da doença do ‘Declínio súbito do olival ́, em olivais da região do Alentejo, são alguns dos temas que vão ser abordados neste seminário. As inscrições podem ser feitas para o 931 741 364  ou através do mail frei@uevora.pt

Imagem de capa de oliveoiltimes.com

 

 

CAPTCHA
Image CAPTCHA
Escreva o caracteres que vê na imagem do lado direito.