30 Novembro 2018      07:30

Está aqui

Encerramento das pedreiras em Borba. João Oliveira pede "bom senso"

João Oliveira, deputado do PCP por Évora

O deputado João Oliveira, eleito por Évora pelo PCP, alerta para os riscos de “decisões precipitadas”, como o possível encerramento de todas as pedreiras que não cumpram a lei. João Oliveira revelou ontem que está preocupado com a segurança das populações e das infraestruturas mas também com eventuais medidas que possam "destruir a atividade" das pedreiras na região e com "os postos de trabalho" que possa vir a ser colocados em causa.

João Oliveira rejeita decisões que possam ser "tomadas a quente", lembrando que algumas pedreiras já operavam antes da atual lei que as rege ter sido publicada e que em determinadas circunstâncias é impossível aplicar as regras que esta define, pedindo "bom senso" na avaliação que estará a ser feita.

Para o deputado e também líder da bancada parlamentar do PCP é preciso apurar responsabilidades sobre o ocorrido em Borba, com o deslizamento de uma grande massa de terras e pedras e que fez ruir parte da antiga estrada nacional 255, que vitimou pelo menos duas pessoas, estando ainda outras três dadas como desaparecidas.

 

Siga o Tribuna Alentejo no  e no Junte-se ao Fórum Tribuna Alentejo e saiba tudo em primeira mão

 

 

CAPTCHA
Image CAPTCHA
Escreva o caracteres que vê na imagem do lado direito.