27 Janeiro 2020      12:41

Está aqui

Embraer entrega fábricas de Évora à Boeing em abril

As duas fábricas da Embraer em Évora vão passar para as mãos da norte-america Boeing a parti do próximo mês de abril, mês em que estarão concluídos todos os procedimentos do processo que resultou na parceria entre a Boeing e a Embraer, anunciada há cerca de um ano, onde a Boeing passará a gerir as duas unidades industriais antes controladas pelo grupo brasileiro em Évora, ficando a Embraer com 20% do capital da dupla aeronáutica.

Os acionistas da Embraer aprovaram à precisamente um ano, a 26 de fevereiro, o acordo entre a empresa brasileira e a Boeing, durante uma assembleia geral extraordinária. A aprovação da fusão da Embraer com a Boeing mereceu 96,8% dos votos dos accionistas, o que estabeleceu uma joint venture – empreendimento conjunto – composta pelas operações de aeronaves comerciais da Embraer.

A Boeing deterá 80% da nova empresa e a Embraer, os 20% restantes. A transação avalia as operações de aeronaves comerciais da Embraer em 5,26 bilhões de dólares (aproximadamente 19,7 bilhões de reais) e contempla um valor de 4,2 bilhões de dólares (15,7 bilhões de reais) pela participação de 80% da Boeing na associação.

Há sete anos instaladas em Évora, as fábricas da Embraer surgiram de um investimento de cerca de 180 milhões de euros e fábricas de última geração e com alta produtividade, especializadas em estruturas metálicas e materiais compósitos.

Imagem de capa de https://see.news/

 

 

CAPTCHA
Image CAPTCHA
Escreva o caracteres que vê na imagem do lado direito.