5 Novembro 2016      08:29

Está aqui

EM NOVEMBRO, ELVAS É TEATRO

Começou ontem o “Mês do Teatro” de Elvas e vai estender-se até dia 26.

Em palco estarão 26 peças para diferentes públicos e gostos, sendo que, às sestas, o palco pertence aos artistas locais, e aos sábados aos convidados estrangeiros.

Ontem, a estrear o festival, esteve a peça “Teatro Radiofónico” com Textos de Carlos Wallenstein, uma produção da UmColetivo, Rugas, Arkus e do teatro Convento.

Hoje pode assistir à peça “O Homúnculo”, do Teatro Estúdio Fontenova de Setúbal e, no domingo, à peça “As Cozinheiras de Livros”, da companhia Valdevinos de Sintra.

No próximo fim de semana, em dia de S. Martinho, a 11 de novembro, é a vez de “As 4 que mais parecem 8 ou 9…”, da companhia elvense Dizia a Mãe Que Ele Não se Criava; no sábado “Identidade (…)” um projeto de Salvador Nery em residência artística em Elvas, e no domingo fecha-se o segundo fim de semana com teatro infantil e a peça “O Príncipe Feliz”, da Companhia Paulo Lage, de Lisboa.

Novamente à sexta, uma representação elvense pela Associação Cultural de Elvas “UmColetivo” traz ao palco a peça “Três irmãs”; sábado será a vez de “El Columpio”, de Sofía Cruz, de Sevilha, e no domingo novo teatro infantil com “Balbucia”, da Animateatro do Seixal.

No último fim de semana o palco estará reservado para “D’Abalada”, uma peça dos alunos do curso de Teatro de Elvas e, no sábado, para o Teatroensaio, do Porto que apresentará “Transumância”.

 

Imagem de revistaport.com

CAPTCHA
Image CAPTCHA
Escreva o caracteres que vê na imagem do lado direito.