18 Fevereiro 2017      09:45

Está aqui

DE ESTREMOZ PARA A FRENTE DA GUERRA

O conhecido Regimento de Cavalaria 3, “Dragões de Olivença”, de Estremoz, vai começar em breve a preparar um esquadrão de reconhecimento que irá integrar uma força militar multinacional da NATO com a designação de “NATO Response Force” (NRF 18).

O RC3 é a unidade mais antiga em atividade do Exército Português, e tem Estremoz como base há 141 anos.

O esquadrão de reconhecimento inclui cerca de 140 militares, entre oficiais, sargentos e praças, vai ser preparado para poder intervir rapidamente – demorando a intervir um máximo de uma semana - em situações de crise na Europa, como relata a LUSA.

O esquadrão de reconhecimento da NATO, do Agrupamento de Informações, Vigilância, Aquisição de Objetivos e Reconhecimento, vai ter três fases: a fase “Stand Up”, em 2017 e que será a criação da força; a segunda, em 2018, a fase “Stand By”, que pretende estar pronta para intervir; e uma terceira, em 2019, fase “Stand Down”, o desmantelamento da força.

 

Imagem de balkandefense.com

CAPTCHA
Image CAPTCHA
Escreva o caracteres que vê na imagem do lado direito.