Está aqui

Tradição

Mina de São Domingos ganha Centro de Estudos

Com o intuito de colocar anos de história de uma mina e das suas gentes ao alcance de todos, nasceu o Centro de Estudos da Mina de São Domingos.

Alandroal quer “sair da casca”

O município de Alandroal promove o “Festival Fora da Casca” e que será uma homenagem ao caracol, à caracoleta e ao lagostim.

O objetivo da autarquia na criação deste novo certame, segundo o presidente João Grilo, é o de “promover os produtos locais, uma vez que existe no concelho um produtor de caracoleta e o lagostim é um dos recursos da região”.

A primeira edição deste festival decorrerá de 6 a 8 de julho, no interior do castelo da vila alentejana, onde poderá provar uma extensa variedade de petiscos.

O Festival de um alentejano que por acaso nasceu na Córsega

Será em Ferreira do Alentejo, por iniciativa do município, que, de 1 a 3 de junho, se irá realizar o Festival Giacometti, uma iniciativa que vai privilegiar as músicas e culturas de raiz popular e que conta com uma programação diversa nas áreas da música, gastronomia, arte, antropologia e cinema.

O rancho

O pequenito chamava-se Nico. Abreviatura de Nicolau. Tinha nascido cinco anos antes da altura em que se começa este relato. Passa-se na distante província de Portugal de seu nome Algarve. Estamos, imagine o senhor leitor, aí nos anos trinta do século passado, ou em qualquer outra altura, Nico, de graça completa Nicolau, um rapaz igual a todos os outros da sua idade naquela vila à beira-mar. As coisas que fazia eram as coisas que todos os outros rapazes da sua idade faziam. Costumava ir ter com o pai que era pescador e observava o mar e observava a pesca que chegava.

População quis e município fez: está concluída primeira fase do Centro de Artes e Ofícios de Odemira

Já está concluída a primeira fase da obra do CRIAR - Centro de Artes e Ofícios de Odemira.

Por iniciativa da Câmara Municipal, este projeto tem como objetivo a criação de uma loja de artesanato que promova produtos endógenos e artesanato local. O projeto prevê ainda numa segunda fase a recuperação da Casa Principal do imóvel e aí criar zonas de ateliers, exposição e sede da associação CACO, além de uma zona de restauração com esplanada.

Esta iniciativa foi uma das propostas vencedoras do Orçamento Participativo de 2016, no valor estimado de 125 mil euros.

Santiago do Cacém: Museu da Farinha é Interesse Municipal

A Câmara de Santiago do Cacém já atribuiu a classificação de Monumento de Interesse Municipal à Moagem José Mateus Vilhena – Museu da Farinha/Casas da Moagem de São Domingos.

Publicada em Diário da República a 28 de março, é assim reconhecida a importância deste edifício que integra o projeto museológico da antiga moagem de São Domingos. 

O Museu, inaugurado em 2014, recebeu o prémio da APOM (Associação Portuguesa de Museologia) para melhor Coleção Visitável, no ano de 2015.

XVI do Festival do Peixe do Rio em Pomarão

O antigo porto mineiro do Pomarão celebra a riqueza gastronómica do rio trazendo para a mesa iguarias como o muge, a lampreia, a saboga e as enguias, confecionados de várias maneiras.

É a XVI edição do Festival do Peixe do Rio, 7 e 8 de abril, e que, ao peixe do rio junta outras iguarias tradicionais alentejanas como o pão, os queijos, os enchidos e o vinho.

Odemira em homenagem aos moinhos

D. Quixote olhava para eles como gigantes inimigos que era preciso combater, mas isso era no imaginário de Cervantes.

Em Odemira, o moinho é algo que é celebrado e valorizado e o Município de Odemira volta a associar-se às celebrações do Dia Nacional dos Moinhos.

É proposta uma visita - entre as 14h e as 18h - aos Moinhos de Vento de Odemira e da Longueira, nos dias 8 e 9 de abril, com entradas são gratuitas.

Romaria a Cavalo Moita - Viana do Alentejo no Ano Europeu do Património Cultural

O ano de 2018 é assinalado pela Comissão Europeia como o Ano Europeu do Património Cultural.

Esta é uma iniciativa visa a diversidade cultural, o diálogo intercultural e a coesão social, e que alerta para o papel do património no desenvolvimento social e económico e nas relações externas da União Europeia e para as oportunidades que o património cultural oferece.

Marmita

Se na semana passada escrevi sobre o mar, esta semana é tempo de falar da marmita. Pequeno objeto que pode assumir formas tão diversas, do arredondado ao retangular, é algo em que não pensamos muito. Ninguém teve tempo ou quis, ainda dissertar sobre a marmita. A ideia de ter falado do mar na semana passada levou-me a filosofar, indiscriminadamente, sobre a marmita.

Páginas