Está aqui

Santiago do Cacém

Santiago do Cacém lança campanha de apoio ao comércio tradicional

A Câmara Municipal de Santiago do Cacém lançou uma campanha com o mote “Ajude a economia local compre no comércio tradicional”, onde apela aos munícipes para que façam as suas compras nestas lojas, "para a ajudar a economia local a recuperar-se e a manter-se durante este período marcado pela pandemia da COVID-19".

Lagoa de Santo André foi aberta ao mar

A abertura da Lagoa de Santo André ao mar realizou-se ontem, dia 4 de junho, este ano sem a multidão que se junta nas margens do canal para não perder este espetáculo da natureza. As restrições impostas pelo Estado de Emergência, devido à Covid-19, assim o determinam.

Pós-Pandemia: Santiago do Cacém aponta às obras no espaço público

Aos poucos os munícipios vão abrindo serviços públicos e adaptando-se à nova realidade agora que os perigos de contágio do covid:19 parecem abrandar.

O Presidente da Câmara Municipal de Santiago do Cacém, Álvaro Beijinha, tem estado no terreno a acompanhar as obras de maior dimensão a decorrer no concelho sendo que esta semana visitou os trabalhos que estão a decorrer em Cercal do Alentejo para se inteirar dos trabalhos que decorrem na Freguesia. 

Câmara de Santiago do Cacém distribui 5 mil viseiras de proteção pelos comerciantes

A Câmara Municipal de Santiago do Cacém está desde o fim de semana a distribuir viseiras de proteção pelos comerciantes dos mercados municipais.

A iniciativa começou nos mercados de Santiago do Cacém e Vila Nova de Santo André e hoje estende-se aos comerciantes do Mercado Municipal do Cercal do Alentejo, que neste momento, devido às obras de renovação daquele espaço, se encontram em locais provisórios, e abrangerá a totalidade dos comerciantes do concelho.

Lagoa de Santo André na Costa Alentejana só pode ser aberta ao mar em junho

A abertura ao mar da Lagoa de Santo André é feita uma vez por ano, no mês de março, para melhorar a qualidade da água e permitir a entrada de alevins de diversas espécies marinhas, como o robalo, e também de enguia (meixão), assim como a saída de enguias prateadas que se deslocam para o Mar dos Sargaços para se reproduzirem.

Este ano, devido a constrangimentos conhecidos, designadamente decorrentes da pandemia de COVID 19, a abertura anual prevista da lagoa não reuniu condições para se realizar na data estabelecida para aquele evento.

Crianças de Santiago do Cacém estão a enviar mensagens de apoio aos trabalhadores municipais

As crianças de Santiago do Cacém estão a usar da sua criatividade para agradecer aos trabalhadores essenciais do município por estes continuarem a trabalhar durante a pandemida do coronavírus.O desafio foi lançado pela Câmara Municipal de Santiago do Cacém e abraçado pelos mais novos que,  com cores alegres e mensagens de apoio arranjaram forma de agradecer a dedicação de todos os funcionários da Autarquia que continuam a trabalhar nesta altura de pandemia do Covid-19.

Câmara de Santiago do Cacém apela ao Governo sobre Lagoa de Santo André

Este ano, as autoridades competentes não permitiram a abertura da Lagoa de Santo André ao mar.

Litoral Alentejano passa a ter capacidade para análises ao Covid-19

O laboratório da Unidade Local de Saúde do Litoral Alentejano (ULSLA), a funcionar no Hospital do Litoral Alentejano, já está a fazer análises ao Covid-19. 

Aquela unidade laboratorial recebeu nos últimos dias 500 testes de diagnóstico à Covid-19 e iniciou na passada segunda-feira, dia 20 de abril, os rastreios a doentes internados, segundo a indicação do Serviço Nacional de Saúde para que realizassem o teste de despiste do novo coronavírus.

Aves impedem abertura da lagoa de Santo André ao mar. Autarcas "indignados"

Esta ano não vai haver a magia da abertura da Lagoa de Santo André ao mar, que tem juntado anualmente um número crescente de curiosos, para assistir ao momento em que a água do mar irrompe pela lagoa, renovando as águas e todo o sistema lagunar.

Santiago do Cacém coloca desinfetante junto aos multibancos

A Câmara Municipal de Santiago do Cacém colocou dispensadores com soluções desinfetantes à base de álcool junto de todos os terminais de multibanco do concelho que se encontram em espaço exterior.

A autarquia informou ainda que estes dispensadores serão reabastecidos, regularmente e reafirmou que, apesar da existência de desinfetante, o uso das caixas multibanco deve ser o mínimo possível, privilegiando as operações on-line.

 

O município presidido por Álvaro Beijinha, alerta ainda para a necessidade de confinamento.

Páginas