Está aqui

Santiago do Cacém

Em Santiago do Cacém há uma inovadora Mala Voadora

Na passada semana, a Ministra da Cultura, Graça Fonseca, foi a Santiago do Cacém onde, juntamente com o Presidente da Câmara Municipal, Álvaro Beijinha, o vereador da Cultura, Jaime Cáceres, a Diretora Regional de Cultura do Alentejo, Ana Paula Amendoeira, e a Entidade Regional de Turismo, representada por João Ferreira, tendo assistido à apresentação do projeto “Mala Voadora”.

Esta estrutura artística vai desenvolver-se na Barragem de Campilhas e está orçada em cerca de quatro milhões de euros.

Santiago do Cacém e Moura lutam pela Limpeza Costeira

Em Santiago do Cacém, foi inaugurada, esta semana, uma escultura que pretende sensibilizar para a importância da preservação ambiental e, em particular, a proteção dos oceanos.

Da autoria de Jorge Vitorino, com 5 metros de comprimento, pesa cerca de 100 kg, tem 2 metros de largura e 2,6 metros de altura, verá o seu interior preenchido por lixo recolhido nos areais, numa iniciativa que conta com os apoios da Câmara Municipal de Santiago do Cacém e da Junta de Freguesia de Santo André e com os pareceres positivos do ICNF e da Agência Portuguesa do Ambiente.

Projeto Sonotomia volta ao Alentejo para recolher paisagens sonoras

O projeto europeu Sonotomia, inaugurado em 2019 no Alentejo, irá voltar aos concelhos de Odemira, Santiago do Cacém, Sines, Grândola e Alcácer do Sal entre 14 e 21 de setembro, com foco nas paisagens sonoras associados ao elemento água.

O objetivo deste projeto é construir um arquivo das paisagens sonoras do litoral alentejano, através de um inovador suporte tecnológico, 4Sound, desenvolvido por peritos em acústica da Hungria, Países Baixos e Alemanha.

Santiago do Cacém promove turismo no património arqueológico

O Município de Santiago do Cacém assinou o protocolo de parceria no âmbito da iniciativa “Turismo Arqueológico no Alentejo: Presente e Passado”, e que vai permitir promover o património arqueológico numa vertente turística.

Santiago do Cacém aumenta número de bolsas de estudo para o Ensino Superior

Considerando o impacto económico da pandemia da Covid-19 na economia e na vida dos seus munícipes, a autarquia de Santiago do Cacém, decidiu aumentar o número de Bolsas de Estudo a atribuir aos estudantes do Ensino Superior, para o ano letivo 2020/2021.

Santiago do Cacém lança campanha de apoio ao comércio tradicional

A Câmara Municipal de Santiago do Cacém lançou uma campanha com o mote “Ajude a economia local compre no comércio tradicional”, onde apela aos munícipes para que façam as suas compras nestas lojas, "para a ajudar a economia local a recuperar-se e a manter-se durante este período marcado pela pandemia da COVID-19".

Lagoa de Santo André foi aberta ao mar

A abertura da Lagoa de Santo André ao mar realizou-se ontem, dia 4 de junho, este ano sem a multidão que se junta nas margens do canal para não perder este espetáculo da natureza. As restrições impostas pelo Estado de Emergência, devido à Covid-19, assim o determinam.

Pós-Pandemia: Santiago do Cacém aponta às obras no espaço público

Aos poucos os munícipios vão abrindo serviços públicos e adaptando-se à nova realidade agora que os perigos de contágio do covid:19 parecem abrandar.

O Presidente da Câmara Municipal de Santiago do Cacém, Álvaro Beijinha, tem estado no terreno a acompanhar as obras de maior dimensão a decorrer no concelho sendo que esta semana visitou os trabalhos que estão a decorrer em Cercal do Alentejo para se inteirar dos trabalhos que decorrem na Freguesia. 

Câmara de Santiago do Cacém distribui 5 mil viseiras de proteção pelos comerciantes

A Câmara Municipal de Santiago do Cacém está desde o fim de semana a distribuir viseiras de proteção pelos comerciantes dos mercados municipais.

A iniciativa começou nos mercados de Santiago do Cacém e Vila Nova de Santo André e hoje estende-se aos comerciantes do Mercado Municipal do Cercal do Alentejo, que neste momento, devido às obras de renovação daquele espaço, se encontram em locais provisórios, e abrangerá a totalidade dos comerciantes do concelho.

Lagoa de Santo André na Costa Alentejana só pode ser aberta ao mar em junho

A abertura ao mar da Lagoa de Santo André é feita uma vez por ano, no mês de março, para melhorar a qualidade da água e permitir a entrada de alevins de diversas espécies marinhas, como o robalo, e também de enguia (meixão), assim como a saída de enguias prateadas que se deslocam para o Mar dos Sargaços para se reproduzirem.

Este ano, devido a constrangimentos conhecidos, designadamente decorrentes da pandemia de COVID 19, a abertura anual prevista da lagoa não reuniu condições para se realizar na data estabelecida para aquele evento.

Páginas