Está aqui

Roncas de Elvas

"Roncas do Castelo" em Elvas, uma exposição do mais peculiar dos instrumentos

Capela e Silva define a ronca como uma vasilha de barro, à qual se ata na boca uma pele de coelho ou de borrego, tendo presa ao centro uma cana muito delgada. É friccionando a cana com a mão humedecida que se tira da ronca um som cavo, ou ronco arrastado, com o qual se acompanha na quadra de Natal os cantes ao Menino. Este instrumento musical foi muito provavelmente introduzido na Península Ibérica a partir do séc. VIII, com a chegada de diversas tribos berberes do norte de África, de onde será original.