Está aqui

Pavia

Ossa Morena, o amor às raízes culturais alentejanas

Não são da terra mas é como se fossem.
Ela, Filipa Campos, vinda do mundo das artes visuais, designer, escultora, nascida em Coimbra, mudou-se para Pavia em 2017. Ele, Paulo Fonseca, vindo do mundo da comunicação e da escrita, nascido em Lisboa, mudou-se para Pavia. Os dois, comprometidos com a "salvaguarda dos vestígios da identidade cultural como um acto de resistência poética" recolhem e preservam a poesia popular, os ofícios, a memória e tradição oral do Alentejo através de uma plataforma cultural nascida em 2016 em Pavia, Mora.
 

PAVIA PROTEGE TRADIÇÃO ORAL

É através de documentários audiográficos que se pretende preservar a tradição e o património oral da vila de Pavia.

Os primeiros documentários audiográficos da série “O Aparato Silencioso das Coisas”, um acervo de registos alusivos à memória e transmissão oral da Vila de Pavia, já está on-line, na página de Facebook Ossa Morena, Plataforma Cultural de Pavia, até à conclusão do site.

Pretende-se que este conjunto de documentários possam vir a ser parte significativa do Arquivo Público da Tradição Oral e Património Imaterial da Vila de Pavia.

A ART LANA É MADE IN ALENTEJO

Chama-se Olga Gonçalves, tem 35 anos, é solteira e mãe de 1 filho de 11 anos. A Olga é natural de Montalegre mas vive em Pavia há 34 anos, a partir de onde gere a Art Lana, uma marca que nasceu em 2012, associada à confeção de acessórios de lã, cortiça e outros materiais. Conheça mais em https://www.facebook.com/Art-Lana-626820674072008/timeline

A Art Lana é Made In Alentejo.