Está aqui

NERPOR

O Alentejo tem de ir a Bruxelas!

Há já vários anos, no «Terreiro do Paço» de Bruxelas, um conjunto de finos pensadores europeus, descobriram, na ânsia de afirmação da qualidade e diferenciação da sua sábia e bem preparada linha de pensamento, que os fundos europeus já tinham dado o que havia a dar para as chamadas obras do «betão»! Era chegada a vez das etéreas obras do saber, da investigação e do desenvolvimento.

O Ovo ou a Galinha? As empresas ou os postos de trabalho?

Sem aparente conclusão segura, desde tempos imemoriais se discute o que apareceu primeiro, o ovo ou a galinha? Já no que respeita a precedência entre postos de trabalho e empresas, não se afigura haver dúvidas! Sem empresas não aparecem postos de trabalho! Como tal, quando os programas governativos colocam os objectivos de criação de emprego, não o têm feito pela ordem correcta e prioritária. O objectivo tem de ser o crescimento e criação de empresas! Os postos de trabalho surgem depois.

«Lobby» Regional - Precisa-se! Para mudar realmente a face do país!

Conforme já tínhamos anunciado, comentando as frontais palavras da Ministra da Coesão, cá chega agora a comunicação oficial pelo Ministro das Infraestruturas da ligação ferroviária de alta velocidade Lisboa - Porto. Quero reafirmar desde já não ter nada a opor, antes pelo contrário, só é de lamentar que, à boa maneira nacional, se tenha tardado tanto a tomar a decisão, enquanto milhões eram gastos na busca do « alfa pendular», que após uma dúzia ou mais de árduos e esforçados anos conseguiu poupar 15 minutos no trajecto!

Força Alto Alentejo!!!

Por Jorge Pais, Presidente da Associação Empresarial de Portalegre.

Coesão para o Eixo Atlântico! E o Eixo Ibérico?!

Por Jorge Pais, Presidente da Associação Empresarial de Portalegre

Incentivos ao Investimento no Alentejo - Publicidade enganosa?!

Por Jorge Pais, Presidente da Associação Empresarial de Portalegre

Num Alentejo de baixa densidade demográfica e empresarial, como bem conhecemos, foram recebidas com imensa alegria as notícias de incentivos e apoios efectivos ao investimento para motivarem os empreendedores a avançar com novos projectos geradores de riqueza e emprego.

Núcleos Empresariais Alentejanos querem internacionalizar as empresas

Os Núcleos Empresariais Alentejanos querem internacionalizar empresas agroalimentares alentejanas.

Para atingir este objetivo, os núcleos empresariais de Évora, Beja e Portalegre, montaram o projeto Alentejo Global Export e que tem o programa que pretende garantir o apoio necessário às empresas que pretendam angariar novos clientes externos. Conta com um pacote de investimento na ordem dos 700 mil euros, com recurso a fundos comunitários.

Corredor do Sudoeste Ibérico é tão importante como a Barragem do Pisão

O Núcleo Empresarial da Região de Portalegre (Nerpor) integra o movimento designado Corredor do Sudoeste Ibérico e está a desafiar "todos os actores do desenvolvimento regional do Alto Alentejo a apoiarem tal movimento, reforçando o seu alcance e audição junto do governo".

Fundos de Investimento Regional

Por Jorge Pais, Presidente da Associação Empresarial de Portalegre

E Agora...? Empresas do Alentejo?

Advinha-se uma saída progressiva do confinamento. Não vai ser «abrir as portas» e tudo passa a ser como dantes! Além da lentidão da retoma, muitos receios persistem e vários costumes e práticas sociais mudaram, se não para sempre, pelo menos de forma duradoura. Isso implica que muitas empresas vão ter que ser criativas e adaptarem-se aos novos tempos, inovando nos seus produtos e formas de chegar ao mercado.

Páginas