Está aqui

Mourão

Mourão cria fundo de emergência municipal para apoio às famílias e empresas

A Câmara Municipal de Mourão aprovou ontem, 25 de março, a criação de medidas extraordinárias de apoio às empresas e às famílias que já estão a sofrer nos seus rendimentos o efeito do COVID-19.

Segundo aquele município alentejano, será feita uma Revisão Orçamental a levar à próxima Reunião de Câmara e posteriormente à Assembleia Municipal para criação de um Fundo de Emergência Municipal de apoio.

Mourão inicia plano de desinfecção do espaço público

O município de Mourão arranca hoje, 25 de março, com uma acção de desinfecção dos espaços públicos, que abrangerá todo aquele concelho alentejano, segundo o município. A acção, que se repetirá com regularidade nas próximas semanas, pretende travar a propagação do Covid -19. O município já havia encerrado todos os equipamentos públicos, condicionado o funcionamento das casas mortuárias e imposto serviços mínimos aos serviços municipais, entre outras medidas, tendo-se juntado aos municípios do Alentejo Central para financiar a aquisição de seis ventiladores para o Hospital de Évora.

Este alentejano de Mourão faz hoje 75 anos

João Simão da Silva, mais conhecido por Marco Paulo, festeja hoje, 21 de janeiro, 75 anos de idade.

O cantor nasceu a 21 de janeiro de 1945, em Mourão, no Alentejo, e tornou-se num dos mais populares cantores portugueses, com temas tão célebres como o "Joana", "Eu tenho dois amores", "Ninguém, ninguém" ou "Morena, morenita".

Ao longo da sua carreira o cantor recebeu 140 galardões de platina, ouro e prata e um de diamante por vender mais de um milhão de cópias, um recorde em Portugal.

 

Imagem de capa de VIP.pt

 

 

Monte do Colmeal em Mourão investe na sua ampliação

O Monte do Colmeal – Country House & Wine, empresa com uma unidade de turismo rural em funcionamento desde 2005 em Mourão, anunciou que irão ser investidos 100 mil euros na ampliação e modernização do alojamento.

Numa primeira fase a unidade irá expandir a sua capacidade atual de 6 para 10 quartos, sendo que numa fase posterior será feito um investimento em matéria de poupança energética e sustentabilidade através da instalação de painéis solares e novos equipamentos de aquecimento interior. 

Sentiu o sismo em Mourão?

Foi sentido em Mourão, eram 5h41 da manhã, um sismo que atingiu os 2,3 na escala de Richter.

Teve o seu epicentro a cerca de 9 quilómetros, a norte-nordeste, de Mourão, segundo informações do Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

Não foram registados feridos nem danos materiais.

Já no concelho vizinho de Reguengos de Monsaraz, o sismo foi sentido com intensidade máxima II (que na escala de Mercalli modificada significa muito fraca).

 

Imagem de vecernji.ba

Sim, é possível fazer mais por Mourão

Por variadíssimas vezes, tenho reiterado a importância da atração de investimento para o interior, nomeadamente para o meu concelho – Mourão, uma vez que considero que será este caminho o responsável pela criação de emprego, fixação e atração de pessoas para a nossa terra. No essencial, criar riqueza.

Para contextualizar esta matéria de captação de investimento, dou alguns exemplos de investimentos que têm sido feitos e que estão a ser feitos por todo o interior do país:

Mourão promove Festival Ibérico do Gaspacho

Se há uma década dissesse-mos que em 2019 Mourão teria uma praia, poucos iriam acreditar, mas tem, e é nessa praia que vai decorrer a primeira edição do Festival Ibérico do Gaspacho.

Símbolo e marca da gastronomia e cozinha alentejana, o gaspacho (ou muitas vezes “caspacho”), vai ter direito a um festival ibérico. A primeira edição será na praia fluvial de Mourão, este fim de semana, e o caldo de água fria, pão, azeite, sal, vinagre e tomate (como base – existem depois muitas variantes) serão os ingredientes reis da festa!

A grave situação dos Bombeiros de Mourão

A Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Mourão está numa grave situação financeira.

Em visita recente à Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Mourão foi dada a conhecer a situação financeira crítica com que vive esta instituição.

Foi relatado que se encontram perante uma situação dramática, que se vai complicando a cada dia que passa, sem que se vislumbre uma solução para se poder salvar esta corporação de bombeiros.

Governo já respondeu ao protesto dos autarcas alentejanos

O Governo já respondeu aos autarcas de Barrancos, Moura, Mourão e Vidigueira que protestaram esta semana com uma marcha lenta por melhores acessibilidades. “Juntos por melhores acessibilidades” foi o mote da Marcha Lenta que teve início em Vidigueira, passou por Moura, Mourão e terminou em Barrancos, tendo juntado cerca de uma centena de viaturas.

Como resultado desta iniciativa conjunta, o Ministro das Infraestruturas e da Habitação, Pedro Nuno Santos, agendou uma reunião com os quatro autarcas (Moura, Barrancos, para o próximo dia 3 de abril, pelas 11 horas.

Uma centena de veículos em protesto contra a degradação das estradas no Alentejo

A organização do protesto que decorreu ontem em marcha lenta coube municípios de Barrancos, Vidigueira, Moura e Mourão e juntou cerca de 100 veículos que exigiram "melhores acessibilidades" naqueles quatro concelhos alentejanos.

Páginas