Está aqui

Ministério da Cultura

Cante alentejano está vivo e “recomenda-se”

Pedro Adão e Silva, ministro da Cultura, destacou a importância da dimensão intergeracional do cante alentejano, considerando que esta arte polifónica está viva e “recomenda-se”.

O governante falava à agência Lusa a propósito da inauguração de um monumento ao cante alentejano, em Odemira, para assinalar os oito anos da classificação como Património Imaterial da Humanidade deste canto típico da região.

Governo entrega gestão de 16 monumentos históricos a autarquias

A ministra da Cultura, Graça Fonseca, afirmou esta terça-feira que a transferência de competências no setor garante “maior capacidade de dinamização” patrimonial pela “gestão de proximidade” das autarquias, num processo que permite criar “âncoras de desenvolvimento” territorial, adianta a agência Lusa.

Reguengos de Monsaraz inaugura nova galeria de arte contemporânea

O novo Núcleo de Arte Contemporânea de Reguengos de Monsaraz abriu esta segunda-feira com a exposição de uma dezena de obras da coleção do Novo Banco, onde estão representados os artistas Graça Morais, José Pedro Croft, Rui Sanches, Luís Noronha da Costa (1942-2020), Lucio Muñoz (1929-1998) e Manuel Amado (1938-2019).

Em comunicado, citado pela Renascença, o município explica que “esta mostra de artistas contemporâneos resulta da parceria estabelecida entre o Novo Banco e o Ministério da Cultura para disponibilizar ao público o seu património artístico e cultural”.

Caminho de Santiago no Alentejo e Ribatejo é o primeiro a ser certificado

O Caminho Português de Santiago Central — Alentejo e Ribatejo (CPSC) é o primeiro a obter a certificação governamental do órgão de coordenação nacional criado para o efeito, anunciou o Ministério da Cultura.

Em resposta a uma candidatura apresentada pela Entidade Regional de Turismo do Alentejo e Ribatejo (ERTAR), uma portaria conjunta (n.º 120/2021) foi publicada em Diário da República, das secretarias de Estado do Turismo e Adjunta e do Património Cultural, atribuindo a certificação.

GREVE FECHA MUSEUS E MONUMENTOS NA PÁSCOA

Amanhã e sábado (14 e 15 de abril), os monumentos, palácios, museus e sítios arqueológicos dependentes da Direção-Geral do Património Cultural ou na tutela direta das cinco direções regionais da cultura podem vir a ter a porta fechada. Se o seu programa de Páscoa incluía visitas a estes espaços, pode vir a ter problemas porque uma grande parte deles estará encerrada.

MUSEU DE ÉVORA FORA DA GESTÃO AUTÁRQUICA

O Museu de Évora não vai ser gerido pela autarquia mas sim classificado como Museu Nacional. A garantia é dada pelo Ministério da Cultura ao jornal Público, na sua edição de ontem.

A autarquia recebeu com agrado esta notícia já que discordava da possibilidade de vir a gerir o museu, ao abrigo da nova proposta de lei que vai transferir mais competências para as autarquias e que é hoje debatida no Conselho de Ministros.