Está aqui

Miguel Bastos Araújo

Investigador da Universidade de Évora nomeado para o Conselho Nacional do Ambiente

Miguel Bastos Araújo, investigador da Universidade de Évora, foi ontem, dia mundial da floresta, membro do Conselho Nacional do Ambiente e do Desenvolvimento Sustentável (Cnads). A nomeação para este órgão consultivo foi feita sob proposta do Conselho de Ministros do Governo de Portugal.

Miguel Araújo está entre os 4058 cientistas mais citados ao nível mundial, em 21 diferentes áreas científicas.

INVESTIGADOR DE ÉVORA É O SEGUNDO MAIS CITADO NO MUNDO

Miguel Bastos Araújo, investigador da Universidade de Évora, é o segundo investigador nacional mais citado no planeta. A lista de citados, a "2017 Highly Cited Researchers", que lista 3.500 cientistas de todo o mundo, coloca aquele investigador do Centro de Investigação em Biodiversidade e Recursos Genéticos, como um dos mais citados nos últimos 20 anos, com 20.558 citações feitas a artigos que escreveu.

INVESTIGADOR DE ÉVORA É DOS MAIS CITADOS NO MUNDO

Chama-se Miguel Bastos Araújo, tem 46 anos, é investigador na Universidade de Évora, coordenador do Centro de Investigação e Biodiversidade e Recursos Genéticos, titular da Cátedra "Rui Nabeiro" em biodiversidade,  É um dos líderes mundiais no estudo das alterações climáticas e dos seus impactos na biodiversidade.