Está aqui

Fundos Comunitários

Roberto Grilo avança para a CCDR-Alentejo

Será com o mote “Alentejo Primeiro” e como independente que Roberto Grilo vai avançar com a sua candidatura à Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Alentejo.

Nestas que serão as primeiras eleições indiretas para estas entidades regionais, o Alentejo conta assim com dois candidatos: Roberto Grilo como independente e Ceia da Silva apoiado pelo Partido Socialista.

Ministra da Coesão Territorial e Secretário de Estado Adjunto e do Desenvolvimento Regional vão estar amanhã em Évora

Amanhã, 14 de setembro, em Évora, realiza-se o Conselho Regional da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Alentejo (CCDRA)  e estarão presentes a Ministra da Coesão Territorial, Ana Abrunhosa e o Secretário de Estado Adjunto e do Desenvolvimento Regional, Carlos Miguel, e que se juntam assim a Roberto Grilo, presidnete da CCDR e aos restantes membros do Conselho Regional.

Esta reunião tem como base a apreciação e aprovação da versão preliminar da Estratégia Regional Alentejo 2030, por parte do Conselho Regional.

 

Imagem de valedocoa.pt

Corredor Internacional Sul: troço de Évora a concurso por mais de 100 milhões

Já decorre o concurso público para construir o troço ferroviário Évora - Évora Norte, parte do Corredor Internacional Sul e que liga Sines à fronteira com Espanha, no Caia.

O concurso lançado pela Infraestruturas de Portugal, inclui, além da construção, as superestruturas de via e catenária entre Évora e a fronteira do Caia, em Elvas, segundo o traçado aprovado no Estudo de Impacto Ambiental e com a bitola ibérica.

Crato recupera torre quinhentista

Já foi assinado o contrato da empreitada para a Requalificação da Torre Sineira/Torre do Relógio da vila do Crato.

A torre data do séc. XV e está situada bem no centro da vila. É um seus dos ícones turísticos e será agora requalificada estando futuramente aberta ao público e será dinamizada para fins culturais e turísticos, visando a dinamização desses dois setores e ao mesmo tempo dar a conhecer a história deste edifício.

O investimento da autarquia liderada por José Diogo é de 168.259,50€, sendo comparticipado por fundos comunitários do programa FEDER em 85%.

Mourão investe na requalificação da biblioteca

Será com recurso a fundos comunitários que a Câmara Municipal de Mourão vai requalificar a biblioteca municipal.

O concurso já foi lançado, em Diário da República, pela autarquia liderada por Maria Clara Safara e prevê não só a requalificação da biblioteca, mas também da zona envolvente.

O investimento é pouco superior a 370 mil euros, e foi aprovado por unanimidade em reunião de Câmara, tendo também obtido o parecer favorável da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Alentejo (CCDR).

ADRAL desenvolveu 17 protótipos de novos produtos agroalimentares

Serão apresentados no próximo dia 17 de julho, pela ADRAL – Agência de Desenvolvimento Regional do Alentejo, os resultados do projeto PROTOTYPING AAA – Rede de Cooperação Transnacional e que visa o aumento da competitividade empresarial do sector agroalimentar através da prototipagem.

Com o formato live cooking, o evento será transmitido em direto na página Facebook da ADRAL, pelas 15h30.

A Ministra da Coesão Territorial esteve em Estremoz

A Ministra da Coesão Territorial, Ana Abrunhosa e a Secretária de Estado da Valorização do Interior, Isabel Ferreira, estiveram, esta semana, em Estremoz, onde visitaram e acompanharam o desenvolvimento de projetos apoiados por Fundos da União Europeia.

6M€ para criar unidade de Cuidados continuados em Portalegre

O Centro Social e Paroquial de São Tiago de Urra, em Portalegre, vai investir 6 M€ na construção de unidade de cuidados continuados.

Segundo os responsáveis, esta pandemia está a revelar de forma ainda mais evidente a falta de unidades de cuidados continuados na região e este projeto, uma obra financiada a meias entre fundos comunitários e capitais próprios e mecenato.

Mais 11M/€ para apoio a Unidades de cuidados continuados e equipamentos sociais

O programa operacional ALENTEJO 2020 reforçou em 11 milhões de euros, apoio FEDER-IPSS, as Unidades de cuidados continuados e equipamentos sociais.

A Comissão Diretiva do ALENTEJO 2020, contribuindo para a Política de Coesão e, com vista a diminuir e mitigar os impactos a nível económico e social da pandemia SARS-COV-2, em especial, junto das Instituições Particulares de Solidariedade Social (IPSS), deliberou, por unanimidade, retirar o limite máximo de apoio não reembolsável (FEDER) e reforçou o total de fundos em 11 milhões de euros.

 

Imagem de clickhelp.com.br

300 mil árvores para reflorestar Belver

Serão plantadas 300 mil árvores em Belver, concelho de Gavião, num financiamento colaborativo que se conseguiu reunir em perto de 24 horas.

Através de crowdfounding, a Sociedade Terras Guidintesta – entidade gestora de 600 hectares de floresta no concelho - em colaboração com a Associação de Produtores Florestais de Belver, recolheram 50 mil euros, uma verba que vem reforçar os mais de 600 mil euros de fundos comunitários já aprovados para o projeto “Reflorestar Belver”, numa área que ardeu com os incêndios que assolaram o país em 2017.

Páginas