Está aqui

Fundos Comunitários

ALENTEJO QUER AUMENTAR TAXA DE SUCESSO DAS CANDIDATURAS A FUNDOS COMUNITÁRIOS

Muitos são os factores críticos que levam ao insucesso das candidaturas a fundos comunitários, a começar pela aparente complexidade dos procedimentos. A Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Alentejo pretende identificar esses factores críticos e aumentar a taxa de sucesso das candidaturas a Projectos I&D Empresas em Co-Promoção e Projectos Demonstradores a candidatar ao Alentejo 2020.

PEQUENA AGRICULTURA COM 54 PROJECTOS NO ALENTEJO CENTRAL

A GAL do Alentejo Central (Grupo de Acção Local) recebeu entre 1 de julho e 5 de setembro 54 candidaturas para pequenos investimentos nas explorações agrícolas e na transformação e comercialização de produtos agrícolas. Estes projectos representam um investimento total de 4,15 milhões de euros que esgotam as verbas a concurso.

Em breve terá início o primeiro período para apresentação de candidaturas à Operação “10.2.1.3 – Diversificação de atividades na exploração agrícola”.

Imagem de capa da IN Loco.

1M € PARA ESTUDAR O PORCO ALENTEJANO

Foi aprovado, no âmbito do Financiamento Comunitário consagrado no PDR2020, um projeto do ACEPA - Agrupamento Complementar de Empresas do Porco Alentejano, no valor de 1,1 milhões de euros para estudar o melhoramento genético da raça de porco alentejana.

Este projeto – com a duração de 3 anos - é a continuação do trabalho de seleção e conservação da raça de porco alentejana que ACEPA tem realizado ao abrigo do Programa de Conservação e Melhoramento de Porco de Raça Alentejana.

 

ÉVORA: MITRA VAI SER REQUALIFICADA

A Universidade de Évora assina amanhã, 25 de agosto, o Memorando de Entendimento para a requalificação da Quinta do Paço de Valverde, no Pólo da Mitra.

O Memorando é celebrado entre o Turismo de Portugal, I.P., a Direção Geral do Património Cultural, a Direção Regional de Cultura do Alentejo e a Universidade de Évora. 

MURALHAS DE MONSARAZ REQUALIFICADAS

Já foi entregue a candidatura do Município de Reguengos de Monsaraz (Évora) ao programa de financiamento comunitário Alentejo 2020 e que pretende a requalificação e recuperação estrutural de parte das muralhas da vila medieval de Monsaraz e também a reabilitação do Caminho da Barbacã - um percurso pedestre, junto do muro anteposto às muralhas e que era a primeira defesa da vila medieval.

FUNDO JESSICA AVALIADO EM ÉVORA

A Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Alentejo acolheu um Workshop no âmbito dos trabalhos de avaliação do instrumento financeiro Fundo JESSICA Portugal, com o objetivo de fornecer a avaliação social, económica, financeira e territorial do instrumento financeiro no seu estado atual de execução.

FERREIRA DO ALENTEJO INVESTE NA EDUCAÇÃO

A Câmara de Ferreira do Alentejo (Beja) vai requalificar os edifícios das escolas básicas de 1º Ciclo de Ferreira do Alentejo, de Figueira dos Cavaleiros e de Alfundão, com recursos a Fundos Comunitários, tendo a candidatura já recebido luz verdes das instâncias competentes

É objetivo da autarquia requalificar mais três escolas: Odivelas, Canhestros e Santa Margarida do Sado.

Imagem daqui

HOSPITAL DE BEJA GANHA NOVO INVESTIMENTO DE 1,2 MILHÕES

A ULSBA - Unidade Local de Saúde do Baixo Alentejo, EPE vai investir 1,2 milhões em equipamento de ponta para o serviço de Imagiologia.

Com recurso a Fundos Comunitários, a candidatura do projeto ao Programa Operacional Regional Alentejo 2020 já foi aprovada, vai ser possível modernizar o equipamento do Serviço de Imagiologia do Hospital José Joaquim Fernandes, em Beja, sendo substituídos os aparelhos de TAC, de Raio X convencional e portátil, dois ecógrafos e uma estação digital de Mamografia, além de outros equipamentos informáticos que suportam este serviço.

ÁGUAS DO ALENTEJO ABRE A TORNEIRA DOS MILHÕES

É objetivo da Águas Públicas do Alentejo (AgdA) – junta a Águas de Portugal, em representação do Estado e a Associação de Municípios para a Gestão da Água Pública – investir, até 2020, cerca de 61 milhões de euros em projetos espalhados pelo Alentejo, tendo, para o efeito, apresentado seis candidaturas ao Programa Operacional de Sustentabilidade e Eficiência no uso de Recursos (POSEUR).

FINALMENTE COMPLEXO DESPORTIVO EM ÉVORA

Já há data para a abertura do complexo Desportivo de Évora e terá direito a toda a pompa e circunstância.

Será inaugurado a 27 de julho, pelas 18h30, com a presença do Ministro da Educação, Tiago Brandão Rodrigues, do Presidente do Conselho diretivo do Instituto Português do Desporto e Juventude (IPDJ), Augusto Fontes Baganha, do Diretor Regional do Alentejo do IPDJ, João Araújo e do edil eborense Pinto de Sá.

Páginas