Está aqui

Entidade Reguladora dos Serviços Energéticos

Évora lidera no número de casas com contadores inteligentes

No final do ano passado, o número de contadores inteligentes nas instalações de Baixa Tensão Normal (BTN) em Portugal Continental ascendia a 3.212.505, o que corresponde a 52% do total de instalações em BTN no país. Évora destaca-se, ao registar 76% das instalações de BTN com contadores inteligentes.

Os dados são avançados por um relatório da Entidade Reguladora dos Serviços Energéticos (ERSE), citado pelo Jornal de Negócios. O regulador considera que “esta instalação está bem disseminada no território, com níveis de instalação entre os 40 e os 60% na generalidade dos distritos”.

Beja e Portalegre mantêm-se como distritos com combustíveis mais caros

O consumo de gasolina, gasóleo, gás de petróleo liquefeito (GPL) e combustível para aviação aumentou 6,6% em abril, uma subida de 32,35 quilotoneladas (kton) face ao mês anterior, sendo que Beja e Portalegre mantêm-se nos distritos com combustíveis mais caros.

Beja e Portalegre são os distritos com combustíveis mais caros

O preço médio de venda ao público da gasolina simples 95 aumentou 4,3% em março, face ao mês anterior, sendo que Beja e Portalegre são dos distritos com os combustíveis mais caros, avançam os dados mais recentes da Entidade Reguladora dos Serviços Energéticos (ERSE).

De acordo com o jornal ECO, o preço médio passou de 1,532 euros por litro em fevereiro para quase 1,6 euros por litro no espaço de um mês, o que representou o sétimo aumento mensal seguido. Entre janeiro e fevereiro o salto tinha sido já também de 3,4%.

Beja regista os preços de gasóleo e gasolina mais caros do país

Em agosto, Beja registou os mais caros preços de gasóleo e gasolina, enquanto Santarém registou os mais baixos, revelou o Boletim do Mercado de Combustíveis e GPL, referente a agosto de 2020, divulgado esta segunda-feira pela ERSE – Entidade Reguladora de Serviços Energéticos.

Este boletim mostra também que Portalegre registou, para Portugal continental, a garrafa de GPL (butano e propano) com o menor custo. Já Beja apresentou valores mais elevados.

Beja tem os combustíveis mais caros do país

O preço médio de venda ao público de gasolina e gasóleo simples, no passado mês de julho, atingiu os 1,457 euros/litro na gasolina e os 1,277 euros/litro no gasóleo no distrito de Beja, fazendo com que a região seja a segunda onde os combustíveis são mais caros em Portugal.

De acordo com a Entidade Reguladora dos Serviços Energéticos (ERSE), além de ser um dos distritos onde os combustíveis são mais caros, Beja é também a região onde o aumento no preço médio foi maior, com um aumento de 1%.