Está aqui

Enologia

Universidade de Évora lança licenciatura sobre o vinho

Em terra de vinho já era de estranhar a ausência desta formação superior. Surge este ano letivo a nova licenciatura da Universidade de Évora: Enologia.

O foco deste novo curso será a produção e a investigação científica na área da Vitivinicultura e conta com Maria João Cabrita como coordenadora da Licenciatura que se quer, “diferenciadora relativamente a outras formações oferecidas nesta área”.

Reguengos de Monsaraz acolhe Conferência Mundial de Enoturismo

Em 2020, Reguengos de Monsaraz, irá acolher a quinta edição da Conferência Mundial de Enoturismo. Nesta edição, que decorre no Alentejo, está já prevista a apresentação da primeira Carta Mundial de Enoturismo.

Este anúncio foi feito em Torres Vedras, onde decorreu o 10.º Congresso Internacional de Enoturismo e o terceiro da Europa.

Paixão Pelo Vinho escolheu os melhores do ano e há alentejanos premiados

A festa de entrega dos prémios, a “Paixão pelo Vinho Awards Wine Party”, será dia 2 de março, em Lisboa, mas já são conhecidos os vencedores e há vinhos alentejanos em destaque.

Alentejo exportou 65 M/€ em vinho

O Alentejo é a maior região viticultora de Portugal e, em 2017, exportou 65 milhões de euros em vinho

O vinho alentejano tem ganho cada vez mais apreciadores pelo mundo a julgar pelo crescimento em 12% em exportações no ano passado, um recorde para a região, e que supera os 65 milhões de euros, segundo dados da Comissão Vitivinícola Regional Alentejana (CVRA).

A exportação de vinhos DOC Denominação de Origem Controlada Alentejo foi a grande impulsionadora destes números, com um aumento de 26% no preço médio destes vinhos.

Adega de Vidigueira entre os melhores do Mundo e com novas apostas

Foi com participações em três importantes certames internacionais de vinhos -  Mundus Vini, CINVE e Bacchus – que a Adega Cooperativa de Vidigueira, Cuba e Alvito (ACVCA) iniciou a sua participação nos concursos internacionais de 2018.

VINHO DA TALHA COM DIREITO A CENTRO INTERPRETATIVO

Será um investimento de cerca de 600 mil euros que servirá para terminar o Centro Interpretativo do Vinho de Talha, em Vila de Frades, concelho da Vidigueira.

Este centro surge com vários objetivos, entre eles, o de apoiar a candidatura do Vinho de Talha a Património Imaterial da Humanidade e a maior promoção e valorização desta arte e modo de fazer vinho que remonta à época romana, além de ser mais um polo de desenvolvimento económico e turístico.

ALENTEJO É REI NA “FIESTA DEL ENOTORISMO”

Todos os anos a FITUR – Feira Internacional de Turismo de Madrid recebe cerca de 300 mil pessoas, na maioria técnicos de turismo e é lá que o Alentejo se estará a promover mais um ano, desta vez com grande destaque por ser o destino internacional convidado no stand “La Fiesta del Enoturismo”.

VINHOS: 3 ALENTEJANOS NOS 100 MELHORES

Já não será surpresa fora de Portugal a qualidade do vinho alentejano e que volta a receber distinções.

O reconheciemento agora vem da renomeada revista da norte-americana "Wine Enthusiast" - especialista em vinhos – que colocou 3 vinhos alentejanos no ranking dos 100 melhores do ano.

Este ranking mundial, e perto do top 10, em 13º lugar, aparece o Cartuxa 2014 Pêra-Manca Branco, sendo que no 24º lugar surge o tinto Monte da Ravasqueira 2014, Vinhas das Romãs, de Arraiolos; o terceiro alentejano nesta lista é o tinto Mouchão 2012 Ponte das Canas, na 34ª posição.

 

ANTOLOGIA SOBRE O ALENTEJO APRESENTADA EM BEJA

Será bem no meio do Alentejo, em Beja, mais concretamente na Herdade do Monte Novo e Figueirinha, que, esta tarde, pelas 15:30h, decorrerá a sessão de lançamento do primeiro volume da antologia “Do Mosto à Palavra”.

Na apresentação serão lidos alguns textos incluídos nesta Antologia que reúne cerca de 400 textos em torno da temática "Alentejo" e que abrange as categorias literárias de prosa e poesia.

PÊRA-MANCA - A LENDA ESTÁ DE VOLTA

Muitos já ouviram falar. Poucos o viram. O lendário Pêra-Manca tinto está de volta este ano.

Fruto da colheita de 2013 o Pêra-Manca tinto regressa este ano, depois d eem 27 anos de colheita só terem sido produzidas 14 edições. Só há quando a qualidade ímpar lhe é conferida.

Foi assim que começou em 1990, e a tradição é mantida pelos enólogos da Cartuxa, propriedade da Fundação Eugénio de Almeida.

Páginas