Está aqui

economia

Alentejo vende o dobro do vinho para o Brasil

Em apenas quatro anos, em valor, as exportações de Vinhos do Alentejo para o Brasil duplicaram.

No ano passado, foram exportados 2,6 milhões de litros de vinho para o Brasil, um aumento que a Comissão Vitivinícola justifica com o maior conhecimento que os brasileiros têm agora sobre os vinhos portugueses.

Esse dinheiro é nosso

Saíram esta semana várias notícias que dão conta do completo desregulamento do mundo no que toca à Economia mundial. O desregulamento, a corrupção, a ganância, facilmente leva ao surgimento de injustiças sociais atrozes e à abertura de um fosso gigantesco entre mais ricos e os outros.

Vem aí um mês cheio de Migas

Se é apreciador de comida alentejana, já saberá que fevereiro é o mês das Migas em Mora e este ano não será exceção.

Durante todo o mês, em 11 restaurantes do concelho, as migas vão o prato principal e em destaque. De tomate, de espargos, de batata, de bacalhau…. Não faltarão as tradicionais e outras mais inovadoras.

O “Mês das Migas” é marco anual em Mora – esta é já a sétima edição - é uma iniciativa da câmara municipal em colaboração com restaurantes locais e que visa a gastronomia regional e a atrair visitantes.

 

Imagem de e-konomista.pt

Não queremos “taxa” turística em Évora

Há cerca de dois anos e meio atrás quando questionada sobre a eventualidade da Câmara Municipal de Évora (CME) poder aplicar uma taxa turística apresentei de imediato algumas reservas. Parecia-me prudente ouvir em primeiro lugar a opinião dos agentes turísticos (os empresários do setor do turismo e restauração de Évora), mas também ter a garantia clara que não estaríamos a “matar” uma potencial “galinha dos ovos de ouro”.

Mais espaço para as tecnologias em Évora

Vão ser investidos mais de €8 milhões para que o Parque do Alentejo de Ciência e Tecnologia (PACT), em Évora, veja o seu projeto de ampliação tornado realidade.

O projeto de arquitetura foi desenhado por Carrilho da Graça e prevê espaços de acolhimento empresarial modulares, com possibilidade para várias configurações e dimensões, com capacidade para acolher até 65 empresas.

Porto de Sines quer atingir "crescimento de dois dígitos" nos contentores

É o porto líder em Portugal e é o que mais cresceu na Europa nos últimos cinco anos: o porto de Sines e espera, em 2020, conseguir chegar a um crescimento de dois dígitos, no que diz respeito à carga de contentores.

Em 2019, o Porto de Sines teve uma pequena quebra no número de contentores de cerca de 12%, mas a administração do porto de Sines espera que, em 2020, o porto alentejano possa recuperara e garantir um crescimento de dois dígitos.

Vinhos alentejanos: depois do tinto, descobriram os brancos e os rosés

Se os tintos alentejanos já são reconhecidos por todo o mundo, agora é a vez dos brancos e dos rosés.

Na totalidade, os vinhos alentejanos aumentaram as vendas. O tinto é o mais produzido e o mais vendido, no entanto, há uma quebra no volume de vendas dos tintos e uma subida dos brancos e dos rosés que, em 2019, atingiram mesmo os melhores dos últimos cinco anos, de acordo com os dados da Comissão Vitivinícola Regional Alentejana (CVRA).

A festa do Porco Alentejano já tem data marcada

Já pode começar a preparar a sua agenda para 2020 e não se esqueça de marcar já a Feira do Porco Alentejano, em Ourique, e que se realizará a 27, 28 e 29 de março.

A iniciativa tem-se vindo a assumir como o ponto mais alto da celebração desta marca do Alentejo e é uma mostra do porco alentejano e dos produtos que dele derivam e que tanta ligação têm ao concelho do Baixo Alentejo.

Roupa à medida no seu telemóvel? A Universidade de Évora diz como

A Universidade de Évora criou um protótipo de uma aplicação para dispositivos digitais e que vai permitir desenhar roupa à medida, à sua medida.

Esta aplicação foi criada por três alunos do 3.º ano da licenciatura em Gestão da Universidade de Évora - Inês Carvalho, Maria Inês Romero e Tiago Ferro - e permite aos utilizadores imaginar e desenhar as suas próprias peças de roupa, como o ditarem os seus gostos pessoais e à sua medida.

Alentejo Litoral com o PIB mais alto do país

De acordo com os dados divulgados, esta semana, pelo Instituto Nacional de Estatística (INE), a região Alentejo Litoral é que apresenta os maiores índices do PIB per capita e da produtividade.

O estudo aponta a localização, na zona de Sines – marcada pelo porto de águas profundas - de atividades económicas com elevado rácio capital/trabalho.

A nível nacional, foi a Norte que, em 2018, o PIB mais aumentou, cerca de 2,9%.

A Área Metropolitana de Lisboa apresentou um aumento acima da média nacional, 2,6%, enquanto o Algarve representa a média 2,4%.

Páginas