Está aqui

Direção-Geral do Património Cultural

Quinta da Goucha em Alpiarça deverá ser revista para sítio de interesse público

A Direção-Geral do Património Cultural (DGPC) quer a revisão da classificação da estação arqueológica da Quinta da Goucha, no concelho de Alpiarça, para sítio de interesse público, de acordo com um anúncio publicado em Diário da República.

A estação arqueológica, conhecida como “Cabeço da Bruxa”, está classificada como imóvel de interesse público, categoria que deve ser revista para sítio de interesse público e promovida a fixação da respetiva zona especial de proteção, refere o diploma emitido pela DGPC.

Projeto vai recuperar e inventariar património subaquático do Alentejo litoral

O projeto “Um Mergulho na História” vai recuperar e inventariar o património cultural subaquático do Alentejo litoral, de acordo com um protocolo entre a Direção-Geral do Património Cultural (DGPC) e o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

Segundo a Lusa, este protocolo vai permitir desenvolver “um sistema de informação geográfico que suporte processos de decisão e gestão do património cultural subaquático, o registo, análise e inventariação” dos sítios arqueológicos do litoral alentejano.

Entrada em museus e monumentos alentejanos com descontos

Até 30 de setembro, está em vigor um novo programa de descontos no acesso a museus, palácios, monumentos e sítios arqueológicos nacionais na região do Alentejo.

Resultante de um protocolo assinado entre a Direção-Geral do Património Cultural (DGPC) e as Direções Regionais de Cultura (DRC), o programa permite visitar todos os monumentos e museus sob a dependência destas entidades, com condições especiais.

Palácio em Portalegre é proposto a monumento de interesse público

A Direcção-Geral do Património Cultural (DGPC) irá propor ao Governo a classificação como monumento de interesse público (MIP) para o Palácio dos Condes de Avillez, em Portalegre.

De acordo com um anúncio publicado esta terça-feira, dia 6 de julho, em Diário da República, é intenção da DGPC propor à secretária de Estado Adjunta e do Património Cultural a classificação como MIP, intenção essa baseada no “fundamento” em parecer da secção do património arquitetónico e arqueológico do Conselho Nacional de Cultura, de 11 de dezembro de 2019.

COMPLEXO ARQUEOLÓGICO DOS PERDIGÕES PROPOSTO PARA PATRIMÓNIO NACIONAL

A Direção-Geral do Património Cultural deu parecer positivo - em Diário da República - a que se declare como sítio de interesse nacional/monumento nacional o Complexo Arqueológico dos Perdigões, no Monte dos Perdigões, em Reguengos de Monsaraz.

O complexo arqueológico – datado de entre 3 500 a 2 000 a.C - foi descoberto somente em 1996, quando se tentava fazer uma lavra profunda para plantar novas vinhas, na Herdade dos Perdigões.

DIA INTERNACIONAL DOS MONUMENTOS E SÍTIOS CELEBRADO NO ALENTEJO

Hoje é Dia Internacional dos Monumentos e Sítios (DIMS). Se for um dos privilegiados com tempo livre não faltam oportunidades e entradas gratuitas em museus e monumentos nacionais. A Direção-Geral do Património Cultural, coordenadora nacional do DIMS 2017, em colaboração com o ICOMOS Portugal, desafia todos a associarem-se a esta comemoração através da participação nas iniciativas que decorrem em todo o país.

GREVE FECHA MUSEUS E MONUMENTOS NA PÁSCOA

Amanhã e sábado (14 e 15 de abril), os monumentos, palácios, museus e sítios arqueológicos dependentes da Direção-Geral do Património Cultural ou na tutela direta das cinco direções regionais da cultura podem vir a ter a porta fechada. Se o seu programa de Páscoa incluía visitas a estes espaços, pode vir a ter problemas porque uma grande parte deles estará encerrada.

VILA VIÇOSA MAIS PERTO DE SER PATRIMÓNIO MUNDIAL DA UNESCO

Vila Viçosa já está inscrita na lista indicativa de Portugal ao Património Mundial da UNESCO e junta esforços para que a candidatura seja bem sucedida. Para o efeito acaba de estabelecer dois protocolos com a Direção Regional de Cultura do Alentejo e a Direção-Geral do Património Cultural que apoiarão a organização do dossiê final da candidatura e prestarão cooperação técnico-científica na área da salvaguarda do património cultural.