Está aqui

Crise Energética

GNR está a fazer transporte de combustível em Lisboa, Alentejo e Algarve

Na sequência da Situação de Alerta declarada pelo Ministro da Administração Interna foram realizados ontem, dia 12 de agosto, pela Guarda Nacional Republicana, transportes de combustível em 13 veículos pesados de transporte de mercadorias perigosas com destino às regiões de Lisboa, Setúbal, Beja e Algarve, envolvendo um total de 26 militares da GNR.

Mais uma greve dos motoristas…

Pois é, chegou mais uma greve dos motoristas, em plena época alta das férias. O que esperar? Uma verdadeira corrida aos combustíveis e aos bens essenciais nestes dias?

Desculpem que vos diga, mas que férias de m*r*a! As férias são para ir passear, ir à praia, a sítios culturais. Não para correr para uma bomba de gasolina e aguardar horas por uma gota. Tempo desperdiçado…

Parece que o dia 05-08-2019 era essencial para se saber, decidir, se a greve avançava ou não.

Má gestão ou má-fé?

Tem hoje início mais uma greve dos motoristas de mercadorias pesadas.

Uma greve que tem estado na ordem do dia mais pelos protagonistas dos dois sindicatos que continuam a recusar negociar do que propriamente pelas reivindicações reais dos motoristas.

Temos na origem destas greves um Sindicato criado por um advogado um mês antes de convocar a greve de Abril.

Um advogado que continua a mandar no Sindicato mas que, por razões deontológicas não pode ser seu Presidente.

Governo declara Situação de Alerta nacional

Está declarada a Situação de Alerta nacional  até às 23h59 do dia 21 de agosto de 2019, em todo o território de Portugal continental. A declaração foi emitida pelo Ministro da Administração Interna e decorre da situação de Crise Energética decidida pela Resolução de Conselho de Ministros nº 134-A/2019, face à suscetibilidade de serem afetados bens e serviços essenciais à população.