Está aqui

Covid 19

Portugueses não acreditam que distanciamento nas escolas será cumprido

Em período de rentrée (regresso ao trabalho/ ensino), apenas 4,9% dos portugueses considera que o distanciamento será cumprido nas escolas. 34,5% gostaria que o teletrabalho passasse parcialmente a fazer parte da sua atividade profissional.

Turismo em Évora aumenta de “forma lenta” após desconfinamento

Desde o desconfinamento que a procura turística em Évora está a aumentar de “forma lenta”, mas os números estão “muito longe” dos registados antes da pandemia de covid-19, garante Carlos Pinto de Sá, presidente do município.

Em declarações à agência Lusa, o autarca revelou que “desde que se iniciou o desconfinamento, tem vindo a aumentar a procura turística, em particular das unidades hoteleiras rurais e mais isoladas”, acrescentando que algumas já tiveram “vários fins de semana com lotações muito perto do pleno”, os seus hóspedes sendo sobretudo “visitantes nacionais”.

Regionalização: Coordenadores regionais fazem trabalho dos extintos governadores civis

Os presidentes das comunidades intermunicipais (CIM) do Alentejo e da Lezíria do Tejo reconhecem a importância dos novos coordenadores regionais no combate à pandemia, cujo cargo é assumido no Alentejo pelo secretário de Estado Adjunto e da Defesa Nacional, Jorge Seguro Sanches. No entanto, a continuidade da função no pós-pandemia divide as opiniões.

Autarquias vão usar cada vez mais o teletrabalho, indica estudo

Está demonstrado que a pandemia do Covid 19 levou as autarquias portuguesas a utilizar massivamente canais digitais para comunicar com os munícipes. Quem o diz é um estudo do grupo YoungNetwork, que apresenta o primeiro estudo sobre o impacto da Covid-19 nas Autarquias Portuguesas, analisando a forma como comunicaram, como se adaptaram à nova realidade no dia-a-dia e como perspetivam o futuro pós-pandemia.

Governo autoriza Reguengos de Monsaraz a fechar escolas e creches

O Governo autorizou o encerramento de todas as creches e escolas com ensino presencial no município de Reguengos de Monsaraz, no seguimento do surto de covid-19 num lar detetado pela Autoridade local de Saúde.

Em declarações à Renascença, o autarca José Calixto revela que outras medidas estão a ser ponderadas, nomeadamente “no que toca ao encerramento de serviços públicos de atendimento presencial”, acrescentando que “quero crer que não há condições para esses serviços permanecerem abertos”. A autarquia admite ainda não excluir a hipótese de uma cerca sanitária na região.

Covid-19: Autoridade de Saúde Regional do Alentejo apela ao cumprimento das medidas de prevenção

Filomena Araújo, delegada da Autoridade de Saúde Regional do Alentejo, apela aos cidadãos que respeitem as medidas de prevenção para evitar que o surto de Covid-19 se alastre na região. O aviso vem na sequência da deteção de um foco da doença num lar em Reguengos de Monsaraz, que conta com 56 testes positivos, de 40 utentes e 16 funcionários.

Autarca anuncia que mulher de 84 anos de Mourão está curada do Covid-19

Uma idosa de 84 anos de Mourão e que havia testado positivo por duas vezes ao Covid-19 no final de março, foi ontem dada como curada pela médica de saúde pública que a estava a acompanhar.

A presidente da Câmara Municipal de Mourão, Maria Clara Safara, que estava a acompanhar "com consternação" o caso, dá conta que foi a filha da senhora agora curada que lhe deu a notícia telefonicamente. Para a autarca "foi a melhor notícia que nos podia ter chegado nesta Sexta-feira Santa".

Continente está a doar produtos alimentares e de higiene ao Hospital do Litoral Alentejano

Mais de três centenas de produtos alimentares e de higiene foram doados pela Missão Continente à ULSLA-Unidade Local de Saúde do Litoral Alentejano para médicos, enfermeiros e auxiliares de ação médica que trabalham na UCI, em dedicação total aos doentes internados com Covid-19.

Bens alimentares como sumos, bolachas, leite, iogurtes, cereais, fruta e água, além de produtos de higiene (gel de banho e champô) estão entre os artigos entregue aos profissionais de saúde nos últimos dias.

Jerónimo Martins financia nova unidade de cuidados intensivos em Évora

Um investimento da Jerónimo Martins acaba de viabilizar uma segunda unidade de cuidados intensivos do Hospital de Évora.

 O Grupo Jerónimo Martins vai viabilizar, com um investimento superior a 320 mil euros, a conclusão da montagem de uma segunda unidade de cuidados intensivos no Hospital do Espírito Santo de Évora.

Vendas Novas: "Compra de equipamentos de proteção e o apoio social são prioridade"

A  "compra de equipamentos de proteção e o apoio social são prioridade" para esta fase da pandemia do Covid 19. É o que pensa Luís Dias, presidente da Câmara Municipal de Vendas Novas, que fez aprovar um Fundo de Emergência Municipal de 100 mil euros para dar resposta às circunstâncias.

Páginas