Está aqui

Cidadania

Covid 19 - não vamos lá com dentes de alho e meias medidas

"Oh triste". Desde o início da tarde de ontem que este verso de uma moda não me sai da cabeça. Surgiu depois de ouvir comentários soltos na rua, no trabalho, nas redes sociais, e a moda ecoava, repetia, “Oh triste”.

Ontem cheguei a escrever que os portugueses não merecem Portugal. Apaguei. Percebi que são as pessoas que fazem o país, e isto ajuda a perceber muita coisa.

A campanha

No exato dia em que se iniciou a campanha para as Europeias, Olinda Serpentina tomou uma decisão. Era importante participar ativamente na campanha para as eleições de quem toda a gente falava. O seu dever cívico de mulher alentejana e comprometida com causas, diversas, independentemente da sua finalidade, desde que fossem boas e corretas, falou mais alto e gritou-lhe ao ouvido até. Olinda Serpentina tinha de participar na campanha eleitoral. Era imperativo que defendesse as ideologias que estavam em jogo. Tinha de ser mesmo. Não fazia sentido de outra maneira.

O Festival “Política” chega a Évora

A política já tem um festival e vai chegar ao Alentejo. Se há coisa que os portugueses gostam é de discutir política. Se a política se discute na rua, no café, na fila dos correios, porque não num festival?

O objetivo deste festival é o de aproximar as pessoas da política e, após a discussão de temas como a abstenção e os direitos humanos, este ano, marcado pelas eleições europeias, o tema desta terceira edição do Festival Política será a Europa.

Mértola com 100 mil euros para o Orçamento Participativo

Mértola é uma das autarquias alentejanas que aposta na participação e envolvimento da comunidade na definição de parte da sua estratégia e disponibilizou 100 mil euros para o Orçamento Participativo 2019.

Os munícipes tinham até ontem, sexta, para entregar as suas propostas e ideias de investimento nas áreas da Educação, Desporto e Juventude; Equipamentos e Espaços Públicos; Saúde e Bem-estar; Economia Local; Agricultura, Florestas e Desenvolvimento Rural; Transportes, Mobilidade e Acessibilidade e Empreendedorismo.

PRESIDENTE DA REPÚBLICA RECEBEU MOVIMENTO “MELHOR ALENTEJO”

O Presidente Marcelo Rebelo de Sousa recebeu, esta semana, em audiência no Palácio de Belém, o Movimento de Cidadania “Melhor Alentejo”, numa audiência em que esteve também presente o alentejano e Ministro da Agricultura, Florestas e Desenvolvimento Rural, Luís Capoulas Santos.

ROTEIRO “CIDADANIA EM PORTUGAL” VOLTA AO ALENTEJO

O Roteiro Cidadania em Portugal vai voltar ao Alentejo, a 26 e 27 de julho, para duas sessões em Viana do Alentejo e Aljustrel.

Esta iniciativa é uma parceria do Governo e da Associação Portuguesa para o Desenvolvimento Local (ANIMAR) e pretende colocar as redes e comunidades locais a discutir os temas da cidadania, da participação cívica, o combate às desigualdades ou as discriminações.

ASSOCIAÇÃO ALENTEJANA É FINALISTA DO PRÉMIO VOLUNTARIADO JOVEM 2016

A associação Alentejo de Excelência vai participar no Dia do Voluntariado Jovem - uma iniciativa da Fundação Montepio - nos 19 e 20 de setembro e é uma das finalistas da sexta edição o Prémio Voluntariado Jovem 2016.

Esta iniciativa da Fundação Montepio, procura reconhecer, promover e divulgar o voluntariado jovem e as suas atividades e estimular a apresentação de projetos inovadores ou apoiando outros já em curso.

O ALENTEJANO QUE É GUARDA-REDES E HERÓI

O guarda-redes de Andebol Hugo Laurentino foi agraciado com um voto de louvor pela autarquia de Ovar por ter realizado aquilo que foi considerado como um ato heróico.

Em maio, ao regressar a casa – em Ovar - após um treino, Hugo deparou-se com um acidente e acabou por salvar a vida de uma pessoa que, após um acidente, se encontrava encarcerada num automóvel em chamas.

O acidentado terá dito à PSP – segundo o site da Federação Portuguesa de Andebol - «Se não fosse ele, eu estaria morto».

IMENSAS POSSIBILIDADES

Ser um jovem cidadão nos dias de hoje pode ser difícil mas é decerto também muito fácil. Existem para os jovens inúmeras possibilidades de se melhorem a eles próprios, isto a nível pessoal ou mesmo a nível académico e/ou associativo.

ROAD PARK – PARQUE DE CIDADANIA RODOVIÁRIA

O Road Park – Parque de Cidadania Rodoviária de Arraiolos surgiu em 2014 para transmitir de forma lúdica os conceitos de cidadania ao volante a 'miúdos e graúdos' do distrito de Évora e combater também assim a sinistralidade rodoviária. Foi possível através de uma parceria entre a Associação GARE, Câmara Municipal de Arraiolos, a Direção Geral dos Estabelecimentos Escolares e a G.N.R Comando Territorial de Évora.

Até ao momento, já visitaram o Road Park de Arraiolos de 2 338 crianças e jovens e 207 educadores, docentes e auxiliares da ação educativa.

Páginas