Está aqui

Cereais

Produção de amêndoa no Alentejo e Trás-os-Montes deverá aumentar 20%

As previsões agrícolas do INE – Instituto Nacional de Estatística, em 31 de julho, apontam para um aumento da produtividade de amêndoa, adianta a Rádio Pax.

De acordo com o instituto, “nas principais regiões produtoras (Trás-os-Montes e Alentejo) as amendoeiras apresentam um bom desenvolvimento vegetativo, com uma carga de frutos muito significativa nos pomares mais novos”.

Moagem de Coruche muda para as mãos dos espanhóis da Dacsa

O Grupo Dacsa, gigante espanhol da moagem de arroz e milho acaba de concluir a compra de 100% do capital da empresa de Coruche, Dacsa Atlantic, da qual detinha 50%. A Dacsa Atlantic tem duas unidades industriais em Coruche com 91 trabalhadores e fatura 44 milhões de euros por ano, com 21% da sua produção escoada por exportação para Espanha, França, Irlanda, Polónia, Alemanha, Bélgica, República Checa e Lituânia, Rússia, Reino Unido, Angola e Médio Oriente.

O PÃO ALENTEJANO NÃO ERA ASSIM TÃO ALENTEJANO

Surge agora um pão 100% português, se acha que é novidade, fique a saber que cerca de 95% do pão que se come em Portugal é importado, no entanto, os produtores nacionais querem inverter esta situação criaram um clube de produtores que visa produzir pão 100% português para uma cadeia de hipermercados nacional do grupo SONAE.

PRODUTORES DE CEREAIS DO SUL CELEBRAM 25 ANOS

A tradição dos cereais no Alentejo é bem longa, no entanto, a CERSUL- Agrupamento de Produtores de Cereais do Sul – só foi criada há 25 anos, uma efeméride que se celebrará no próximo dia 19 de janeiro em Santa Eulália, Elvas.

A fundação da Cersul aconteceu em 1990 por vontade de um grupo de 30 agricultores liderados por José Luís Tello Rasquilha, que recentemente cessou as funções como Presidente do Conselho de Administração, e que será homenageado nesta celebração.