Está aqui

Carlos Pinto de Sá

O Alentejo pós-pandemia discutido por políticos, académicos e empresários

O Departamento de Economia da Universidade de Évora organiza amanhã, por videoconferência, um debate acerca do Alentejo e os desafios da atual crise gerada pela pandemia do Covid-19.

Coordenador do estado de emergência do Alentejo hoje em Vendas Novas e Évora

O Secretário de Estado Adjunto e da Defesa Nacional, Jorge Seguro Sanches, visita hoje de manhã, terça-feira, na qualidade de coordenador da execução do estado de emergência do Alentejo, o Regimento de Artilharia nº 5, em Vendas Novas, onde está instalado um dos centros de acolhimento das Forças Armadas com 78 camas.

A visita conta com a presença do Presidente da Câmara Municipal de Vendas Novas, Luís Dias, bem como de responsáveis da área da Saúde, Segurança Social e Proteção Civil

Presidente da Câmara de Évora entrega máscaras aos bombeiros

O Presidente da Câmara Municipal de Évora, Carlos Pinto de Sá, entregou hoje, quarta-feira, cerca de duas mil máscaras cirúrgicas aos Bombeiros Voluntários no âmbito do apoio concedido pela edilidade a esta corporação face à pandemia da covid-19.

Carlos Pinto de Sá lamentou o atraso na concretização desta ação “mas as dificuldades encontradas no mercado para poder adquirir este material acabaram por atrasar todo o processo”, salientando ainda que as máscaras foram adquiridas a preço de mercado.

Desinfetar ruas é "deitar dinheiro ao lixo" considera autarca de Évora

A Câmara Municipal de Évora não vai, pelo menos para já, iniciar a desinfeção dos espaços públicos do concelho, como estão a fazer muitas autarquias em todo o Alentejo.

Em declarações à Rádio Elvas Carlos Pinto de Sá, presidente da Câmara de Évora defende que “não há qualquer indicação para iniciar esse processo e que desinfetar os espaços públicos trata-se apenas de deitar dinheiro para o lixo, a não ser num espaço especifico onde tenha estado alguém com vírus”.

Évora suspende fiscalização de estacionamento e lança programa de apoio aos mais idosos

A Câmara Municipal de Évora acaba de lançar um novo pacote de medidas para lidar com a situação de alastramento da pandemia COVID-19, onde se destacam o reforço dos serviços públicos municipais essenciais e de apoio direto à população, alocando mais trabalhadores, equipamentos e recursos, incluindo a possibilidade de contratação externa; suspensão dos atendimentos presenciais; criação de equipas de reserva, com prioridade aos serviços essenciais, que rodam a cada 2 semanas, precavendo possibilidades de contaminação e o lançamento do programa “Mais Próximo”, um programa de apoio a idosos e p

Évora reduz tamanho de esplanadas e cancela transportes por causa do Covid 19

O Município de Évora lançou um novo pacote de medidas complementares de prevenção ao Covid 19 que abrangem a atividade turística mas também os hábitos locais.

As esplanadas localizadas em espaço público deverão limitar o número de mesas de acordo com a área disponível, de forma a aumentar a distância de segurança entre os utentes. Para além disso o Complexo Desportivo e o Circuito de Manutenção da Cidade passarão a encerrar às 21h, assim como é cancelada a cedência de transportes para fins socioculturais, desportivos e de lazer e encerrado o Ponto Jovem.

"O Alentejo está a perder 8 pessoas por dia"

“O Alentejo está a perder oito pessoas por dia”, denunciou ontem, 18 de novembro, o presidente da Câmara Municipal de Évora, Carlos Pinto de Sá, numa conferência organizada pelo Jornal Económico e a Altice Portugal, na Universidade de Évora, a propósito de inovação no mercado de trabalho.

Para o autarca a solução passa por uma economia diversificada e maior equilíbrio entre os centros urbanos e o mundo rural. "Évora é apenas um ponto" num vasto território que acolhe também atividades "que fixam população".

Autarca e Reitora trocam acusações de atrasos na nova residência universitária em Évora

Ana Costa Freitas, Reitora da Universidade de Évora considera que a nova residência universitária deveria abrir este ano mas as obras não começaram sequer por causa do atraso "do licenciamento da câmara, que demorou muito", em declarações à Rádio Diana.

“Não tem sentido nenhum estarmos, já vai para seis meses, à espera de poder iniciar uma obra”, apontando o dedo ao Município “faz parte da administração pública e que é um pouco incontrolável”, declarou àquela rádio local.

Candidatura de Évora a Capital Europeia da Cultura 2027 recebe apoio internacional

A Organização das Cidades Património Mundial apoia a candidatura de Évora a Capital Europeia da Cultura 2027

​Na sequência da proposta apresentada pelo Presidente da Câmara Municipal de Évora, Carlos Pinto de Sá, a Assembleia-Geral da OCPM, que decorreu ontem dia 5 de junho, em Cracóvia, aprovou por unanimidade o apoio à candidatura de Évora a Capital Europeia da Cultura em 2027.

Presidência da Comunidade Intermunicipal do Alentejo Central nas mãos de Carlos Pinto de Sá

Resultado de um acordo político alcançado em março deste ano o Conselho Intermunicipal da CIMAC - Comunidade Intermunicipal do Alentejo Central, que faz da presidência um sistema rotativo entre CDU e PS, na sua reunião de 18 de dezembro de 2018, procedeu a nova eleição dos seus Presidente e Vice-presidentes, que desempenharão funções entre 1 de Janeiro e 30 Setembro de 2019.

Páginas