Está aqui

Bicicleta

Mauricio Moreira é o vencedor da Volta ao Alentejo em Bicicleta

O uruguaio Mauricio Moreira (Efapel) foi o vencedor da 38.ª edição da Volta ao Alentejo em bicicleta este passado domingo, ao ser o 10.º classificado na sexta e última etapa, conquistada pelo espanhol Enrique Sanz (Kern Pharma).

De acordo com a agência Lusa, Sanz, de 31 anos, completou os 162,9 quilómetros entre Portalegre e Évora em 3:54.30 horas, batendo ao “sprint” o compatriota Antonio Angulo (Euskaltel-Euskadi), em segundo, e o português Iúri Leitão (Tavfer-Measindot-Mortágua), em terceiro.

Espanhol Juan Jose Lobato vence 1.ª etapa da Volta ao Alentejo em Bicicleta

O espanhol Juan Jose Lobato (Euskaltel-Euskadi) venceu, ao “sprint”, a primeira etapa da 38.ª edição da Volta ao Alentejo em bicicleta, assumindo a liderança da classificação geral individual na chegada a Beja.

Segundo a agência Lusa, “Juanjo” Lobato, de 32 anos, cumpriu os 194,4 quilómetros entre Reguengos de Monsaraz e Beja em 4:48.32 horas, batendo sobre a meta o português Iuri Leitão (Atum General-Tavira-Maria Nova Hotel), segundo colocado, e o também espanhol David González (Caja Rural-Seguros RGA), terceiro.

Um Secretário de Estado, uma bicicleta e Bragança a Sagres em 10 dias

Chamou-lhe “Portugal Diagonal”. José Gomes Mendes, Secretário de Estado do Planeamento, vai hoje na quarta etapa da sua travessia a Portugal em bicicleta, pelo interior, e fará cerca de mil quilómetros, de Bragança a Faro, repartidos por dez etapas.

O governante – que quer mostrar que Portugal é seguro - prevê terminar este périplo a termine a 2 de agosto, com a chegada a Sagres.

GNR DE PONTE DE SOR FAZ PATRULHAMENTO EM BICICLETA

À imagem do que já acontece nas orlas costeiras, onde existem mais turistas, a cidade de Ponte de Sor começou a ser patrulhada por uma equipa de cinco militares da GNR em bicicleta.  Segundo o Comandante do Comando Territorial de Portalegre da GNR, Coronel Joaquim Nunes, o objetivo passa por oferecer mais agilidade, flexibilidade e mobilidade no trabalho dos agentes e uma maior proximidade com os cidadãos. Algo que também já acontece em Elvas ou Campo Maior, no distrito de Portalegre.

ALUNOS DE BEJA VÃO ANDAR DE BICICLETA

Não é só nos países nórdicos que a bicicleta começa a ser um meio de transporte predilécto, quer pela sua sustentabilidade, como benefícios para a saúde e vantagens para a mobilidade. Por isso, o Instituto Politécnico de Beja (IPBeja) está a realizar um inquérito junto dos alunos na área da mobilidade sustentável, para saber de que forma se deslocam os estudantes para as aulas. O objetivo final é candidatar-se ao projeto ”U-Bike Portugal – Promoção de Bicicletas Elétricas e Convencionais nas Comunidades Académicas”.