Está aqui

Barragem do Roxo

Águas Públicas do Alentejo investe 2,3 milhões no abastecimento de água a Ourique

Uma empreitada superior a 2,3 milhões de euros vai ligar o abastecimento de água de Ourique à Aldeia de Palheiros, com 400 habitantes e expandir o sistema de abastecimento público em Ourique e Almodôvar.

A obra é da responsabilidade da empresa Águas Públicas do Alentejo (AgdA) e envolve a construção de uma conduta e de um reservatório de água em Aldeia de Palheiros, alimentada a partir da albufeira do Monte da Rocha, que também ganhará a breve trecho uma ligação com a barragem do Roxo.

 

QUASE 4 MILHÕES € PARA A BARRAGEM DO ROXO

Já publicado em Diário da República, a remodelação da ETA - Estação de Tratamento de Água do Roxo (Aljustrel, Beja) e a beneficiação da linha de tratamento com a inclusão de novas Etapas representarão um investimento superior a 3 milhões e 800 mil euros.

O mesmo será da responsabilidade da AgdA - Águas Públicas do Alentejo, S. A. e as intervenções têm por objetivo melhorar o processo de tratamento da água para consumo, através da melhoria da eficácia na oxidação da matéria orgânica e da absorção de cheiros e sabores indesejáveis.

 

Imagem de regante.edia.pt

ALQUEVA RECEBE MAIS 260 MILHÕES PARA INVESTIR NO REGADIO

O Ministro da Agricultura Luís Capoulas Santos garantiu ontem nas audições parlamentares do Orçamento do Estado para 2018 que ainda este mês será celebrado um contrato de empréstimo com o Banco Europeu de Investimentos (BEI)  e com o Banco do Conselho da Europa de 260 milhões de euros, com o intuito de reforçar a área de regadio do Alqueva em mais 50 mil hectares, a concretizar até 2022.

BEJA: BARRAGEM DO ROXO ABAIXO DOS 19% DA SUA CAPACIDADE

Segundo o Sistema Nacional de Informação de Recursos Hídricos, que monitoriza as albufeiras, foram 7 as bacias hidrográficas que registaram uma redução do volume de água armazenado, e 9 delas registam armazenamento de água inferior a 40% da sua capacidade, quando comparados com os dados do mês anterior, como avança hoje a Rádio Pax.

SECA NO BAIXO ALENTEJO AMEAÇA AGRICULTURA E PECUÁRIA

A seca é um caso sério no Baixo Alentejo e autarcas da região temem que tudo piore com a chegada do verão. Nesta altura a Barragem do Roxo, em Aljustrel, Beja, está já com menos de um terço da sua capacidade de armazenamento e prepara-se para receber água da Barragem do Alqueva.