Está aqui

Baixo Alentejo

Alentejo tem falta de camas a nível de cuidados continuados

No Alentejo está identificada a falta de, pelo menos, 90 camas de cuidados continuados integrados, segundo fonte da Administração Regional de Saúde do Alentejo (ARSA), avança a Rádio Pax.

De acordo com a ARSA, do total de 910 camas previstas (incluindo unidades de convalescença, de média duração, reabilitação e de longa duração e manutenção), estão preenchidas apenas 820. Esta taxa de cobertura de cerca de 90 por cento, no entanto, esconde diversas carências na realidade do Alentejo, sobretudo a nível do Baixo Alentejo.

Culturas de regadio no Alentejo ameaçam mais de 30 espécies de plantas

A Lista Vermelha da Flora Vascular de Portugal Continental, um levantamento que nos últimos quatro anos avaliou o risco de espécies ameaçadas, divulgou que pelo menos 30 espécies de plantas endémicas localizadas no Alentejo estão ameaçadas de extinção, avança a TSF.

Adicionalmente, das cerca de 110 espécies de plantas endémicas de Portugal continental, que são exclusivas do nosso país e que não existem em mais nenhuma parte do mundo, quase metade, 53 espécies, encontram-se em vias de extinção.

Baixo Alentejo manteve-se em seca moderada em setembro

Portugal continental registou, em setembro, um desagravamento da situação de seca meteorológica, mas o Baixo Alentejo e o Algarve mantêm-se na classe de seca moderada, segundo o último boletim climatológico do Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

No final de setembro, 52% de Portugal continental estava em seca fraca, 34,3% normal e 13,7% em seca moderada, de acordo com o índice meteorológico de seca (PDSI) disponível no site do IPMA.

No entanto, no Baixo Alentejo e Algarve, ainda se mantém em muitos locais a classe de seca moderada.

Automóveis clássicos passam por vários concelhos alentejanos em outubro

A edição comemorativa dos 25 anos do 48 Horas Alentejo, um dos melhores eventos de automóveis clássicos de Portugal, vai decorrer nos dias 16, 17 e 18 de outubro, avança A Planície.

Na edição deste ano, o evento, organizado pelo Portugal Classic em conjunto com o Clube Português de Automóveis Antigos, contempla um percurso que irá percorrer os concelhos de Beja, Alvito, Cuba, Évora, Ferreira do Alentejo, Portel e Vidigueira.

Observatório do Baixo Alentejo defende desenvolvimento da região em Lisboa

O Observatório do Baixo Alentejo reuniu-se, em Lisboa, com António Costa Silva, gestor e professor do Instituto Superior Técnico e autor da “Visão Estratégica para o Plano de Recuperação 2020/2030”.

Durante o encontro, o grupo analisou as propostas do Observatório do Baixo Alentejo para o desenvolvimento da região, apresentadas durante o período de consulta pública do documento que baliza as prioridades de investimento para a próxima década.

Baixo Alentejo é a região do país com menor esperança média de vida

O Baixo Alentejo (que para efeitos estatísticos corresponde ao distrito de Beja sem o concelho de Odemira) é a região de Portugal Continental com menor esperança média de vida à nascença, avançam os dados do Instituto Nacional de Estatística (INE), citados pela Rádio Pax.

Segundo o INE, entre 2017 e 2019 a “longevidade geral” da população do Baixo Alentejo foi de 78,67 anos, sendo que a esperança média de vida à nascença no conjunto do território nacional foi estimada em 80,93 anos.

Alentejo mantém temperaturas amenas no início do outono

De acordo com a previsão do Instituto Português do Mar e Atmosfera (IPMA), hoje, terça-feira, vai registar-se um dia com “muita nebulosidade com precipitação localmente intensa e com trovoadas no Norte e Centro, e céu pouco nublado no Baixo Alentejo e Algarve”.

Na região Sul, o céu deverá apresentar-se “geralmente pouco nublado nas regiões do interior até meio da manhã e no Baixo Alentejo e Algarve”, podendo haver “períodos de chuva fraca ou chuvisco no litoral a norte de Sines até início da manhã, e aguaceiros no Alto Alentejo a partir do meio da tarde”.

Aljustrel volta a registar maior taxa de natalidade do Baixo Alentejo

O concelho de Aljustrel voltou a registar a segunda maior Taxa de Fecundidade Geral do País em 2019, ao lado de Lisboa, avança o Canal Alentejo. Recorde-se que, tal como em 2017, só Lisboa apresenta números mais elevados.

De acordo com os últimos dados revelados pelo Instituto Nacional de Estatística (INE), o concelho alentejano apresenta uma taxa de fecundidade geral de 56,0. Por sua vez, Lisboa lidera esta taxa, registando um valor de 62,1.

Bacia do Sado atravessa a maior seca desde que há memória

A Bacia do Sado está em risco de atravessar a maior seca já vista desde os anos 70 com árvores a morrer e animais em péssimas condições, de acordo com o jornal Público.

O diretor executivo da Associação de Regantes e Beneficiários de Campilhas e Alto Sado (ARBCAS), Ilídio Martins, explicou que “está tudo seco!”, acrescentando que “atingimos um limite que nunca foi atingido” no stress hídrico desde que há memória.

COVID-19: Baixo Alentejo e Algarve Biomedical Center preparam apoio às escolas

A Comunidade Intermunicipal do Baixo Alentejo, CIMBAL, assina esta quinta-feira, 10 de setembro, a partir das 16 horas, um protocolo entre municípios do Baixo Alentejo e o Centro ABC – Algarve Biomedical Center, o Centro Académico de Investigação e Formação Biomédica do Algarve, para apoio à Comunidade Educativa no ano letivo 2020/2021.

Páginas