Está aqui

Arraiolos

Arraiolos vai salvar velho Palácio dos Condes do Vimieiro

A Câmara Municipal de Arraiolos já aprovou a aquisição do  “Palácio dos Condes do Vimieiro” ou “Quinta e Palácio dos Condes do Vimieiro”, imóvel homologado como de “IM - Interesse Municipal” desde 1990.

Arraiolos quer transformar antiga Estação Ferroviária em Hotel

A Sociedade de Promoção de Projectos Turísticos e Hoteleiros (SPPTH) defende um projeto que está a desenvolver para criação de um Boutique Hotel, em Arraiolos, na antiga Estação Ferroviária da vila sede do concelho, projeto que já apresentou em reunião da Câmara e que mereceu a sua concordância.

Évora, Arraiolos e a Rota Vicentina destacadas em revista espanhola

A revista espanhola “Hola!” publicou uma reportagem intitulada “Portugal en diez maravillas que seguro no son las que conoces” (Portugal em 10 maravilhas que de certeza não conheces) e entre 10 destinos nacionais a descobrir existem três no Alentejo: Évora, Arraiolos e a Rota Vicentina.

O artigo destaca o Cromeleque dos Almendres, referindo que quase 6 milhares de anos antes de os reis e os nobres levantarem os palácios em Évora, ainda antes antes dos romanos, já em Évora tinha sido erigido o conjunto megalítico mais importante da Península Ibérica e do sul da Europa.

Arraiolos: como a pandemia ajudou a nascer o Sr. Almofada

Foi com o lay-off resultante da crise económica provocada pela pandemia de Covid-19 que Nuno Dias acabou por criar um projeto inesperado.

Iria iniciar um novo trabalho como chefe de receção numa nova unidade hoteleira de 5 estrelas em Lisboa, mas entrou em lay-off e decidiu passar esta ase da vida em Arraiolos, na casa dos seus pais.

Com 43 anos, Licenciado em Turismo pela Universidade de Évora e Pós-Graduado em direção Hoteleira pela Universidade Lusófona – nasceu em Cascais, mas viveu quase toda a vida em Évora.

O tempero especial da gastronomia de Arraiolos

No mês novembro de 2020 a Mostra Gastronómica do Concelho de Arraiolos acontece nos restaurantes do concelho pondo na mesa os sabores da cozinha arraiolense com toda a tradição alentejana, acompanhada pelos vinhos de castas selecionadas, pelos doces conventuais, pelos queijos e pelo mel, envolvendo imemoriáveis sabores e temperos antigos com salsa e manjerona, para citar apenas algumas das ervas aromáticas, que enchem de bons aromas a “Empada de Arraiolos ®”, cujo registo da marca é um ato importante para salvaguardar “referências dos usos e costumes, que fazem parte do nosso património cul

Arraiolos: uma festa que vai do gaspacho às beldroegas

Tem até dia 9 de agosto para provas as iguarias que Arraiolos tem para lhe oferecer. São duas semanas em que as sopas alentejanas serão rainhas na terra do tapete.

Tapetes de Arraiolos, um tesouro artístico do Alentejo

De entre profusas manifestações artísticas do Alentejo, os Tapetes de Arraiolos são uma conhecida arte de manufatura própria e imagem de marca da Vila que os baptizou. Pese embora a sua notoriedade em território nacional, esta verdadeira jóia da tapeçaria é também ela de amplo reconhecimento mundial.

Évora e Arraiolos proíbem acesso à albufeira do Divor

Os Municípios de Évora e de Arraiolos tomaram a decisão conjunta de proibir a circulação de pessoas na área circundante da albufeira do Divor. O local, que atrai habitualmente população daqueles dois concelhos alentejanos, manter-se-á com acesso interdito - exceção para acesso de residentes -, enquanto for necessário evitar a concentração de pessoas em locais públicos, segundo nota dos municípios.

Descobrir a bolota, uma dádiva do Montado, em Arraiolos

A bolota, de paladar único, é um fruto cujas propriedades começam agora a ser redescobertas: sem glúten, com alto poder antioxidante, uma gordura semelhante à do azeite e compostos assaz úteis à saúde. O “pão dos pobres” ganha protagonismo como um alimento do futuro, o que constitui também um sinal de esperança para a recuperação do montando, em particular o de azinho, já que as bolotas da azinheira são as mais doces.
 

O génio das mulheres em Arraiolos no Festival Terras Sem Sombra

O Festival Terras sem Sombra em Arraiolos celebra a arte e a ciência pela mão das mulheres entre 29 de fevereiro e 1 de março.

O programa musical propõe um diálogo entre a flautista checa Monika Streitová e a pianista portuguesa Ana Telles. A acção de Património Cultural homenageia a arte tapeteira e o saber imemorial das artesãs arraiolenses e, no âmbito da Salvaguarda da Biodiversidade, resgata-se a bolota como alimento do futuro, pondo-a em relação com o montado.

Páginas