Está aqui

Aeroneo

AERONEO VAI MESMO PARA BEJA. PROCESSO FOI DESBLOQUEADO

A Câmara Municipal de Beja avança em comunicado que se congratula com a publicação do despacho que "desbloqueia o processo de instalação das infraestruturas aeronáuticas da empresa Aeroneo em Beja", em Diário da República.

O município de Beja tem denunciado aquilo a que chama de sucessivos atrasos "no processo de instalação da unidade industrial da AeroNeo no Aeroporto de Beja", responsabilizando o Governo" e de estruturas dele dependentes" pela" falta de resolução" neste processo.

BEJA RECLAMA POR ATRASOS NA INSTALAÇÃO DA AERONEO NO AEROPORTO

O município de Beja em comunicado denuncia aquilo a que chama de "mais um atraso no processo de instalação da unidade industrial da AeroNeo no Aeroporto de Beja", responsabilizando o Governo" e de estruturas dele dependentes" pela" falta de resolução" neste processo.

BEJA RECEBE INVESTIMENTO AERONÁUTICO DE 35 MILHÕES

O Conselho de Ministros aprovou ontem a desafetação de terrenos junto ao aeroporto de Beja e reconheceu o interesse público da instalação da Aeroneo em Beja, numa operação que vai significar um investimento de 35 milhões de euros e criar ainda este ano 40 postos de trabalho.

Em comunicado o Conselho de Ministros fez saber que "Foi aprovada uma resolução do Conselho de Ministros que procede à desafectação do domínio público militar de terrenos da Base Aérea de Beja, assim como ao reconhecimento de interesse público de uma operação industrial para ali prevista".