Está aqui

Aeronáutica

ALENTEJO CADA VEZ MAIS DOMINADOR DOS CÉUS

Esta semana, em Beja, foi assinado o “Protocolo de Colaboração do Setor Aeronáutico do Alentejo”, um documento que pretende afirmar o Alentejo ao nível nacional e internacional no que à aeronáutica diz respeito.

AERONÁUTICA ALENTEJANA CONTINUA A CRESCER

O Parque de Indústria Aeronáutica de Évora – criado em 2009 - vai receber mais uma fábrica de componentes aeronáuticos, a Compendionauta.

A empresa luso-brasileira - especialista na maquinação de componentes de titânio, para a aeronáutica, com tratamento superficial simples - vai investir perto de 10 milhões de euros, projetando, até 2020, e criará 50 postos de trabalho.

Imagem de img.interempresas.net

ALENTEJO VAI PRODUZIR MÁSCARAS DE OXIGÉNIO PARA AVIÕES SUPERSÓNICOS

A informação foi adiantada pela autarquia e refere que está já decidida a instalação de uma fábrica de máscaras de oxigénio para aviões supersónicos em Ponte de Sor.
 
A empresa, que é francesa, pretende iniciar a operação de instalação em abril do ano que vem e vai criar cerca de 35 postos de trabalho, que se juntam aos cerca de 200 que o aérodromo de Ponte de Sor já criou com uma empresa de componentes para aviões, com uma empresa de manutenção de ultraleves, uma empresa de produção de drones e uma escola internacional de pilotos de aviação.
 

ÉVORA DEBATE OPORTUNIDADES DA INDÚSTRIA AERONÁUTICA

Trata-se das Jornadas do Évora Aero Tech Day's, decorrem a 23 de setembro no Parque de Ciência e Tecnologia do Alentejo(PCTA), em Évora e são organizadas pela Universidade de Évora e pelo PCTA.

O tema destas jornadas são os "Materiais Compósitos na Indústria Aeronáutica" e envolvem especialistas nacionais e estrangeiros que irão discutir as oportunidades criadas com a indústria aeronáutica, as parcerias ibéricas, tecnologias, soluções técnicas mas sobretudo o futuro do cluster aeronáutico no Alentejo.

EMBRAER: FÁBRICA DE ÉVORA VAI SER ESPECIALMENTE IMPORTANTE


Num jantar em S. Paulo, Brasil, com o Presidente da República Marcelo Rebelo de Sousa, Paulo César de Souza e Silva, presidente da Embraer declarou que "Portugal está num desenvolvimento muito interessante nos últimos anos e, sem dúvida alguma, é um país que tem capacidade de absorver tecnologia".

PONTE DE SOR VAI TER CAMPUS AERONÁUTICO

Será inaugurado no próximo dia 4 de junho, no Aeródromo Municipal de Ponte de Sor (Portalegre), o Campus Aeronáutico de Ponte de Sor.

A realização deste projeto – um investimento de cerca de 4,5 milhões de euros – esteve apontada para 2014, no entanto, foram precisos mais dois anos para reunir todas as condições e financiamentos necessários.

ÉVORA: EMBRAER REFORÇA INVESTIMENTO

Évora consolida-se como um polo global da indústria aeronáutica, através do investimento da brasileira Embrear. Cujas fábricas alentejanas continuam a expandir-se.
Segundo informa hoje o Semanário Expresso, o Governo aprovou mais dois projetos da Embraer nas fábricas de Évora. Os Investimentos totalizam 93 milhões de Euros (34,6 milhões de incentivo do Compete 2020) e criarão mais 262 postos de trabalho.

ÉVORA QUER DOMINAR NOS CÉUS… E NO ESPAÇO

Depois de em 2009 ter existido uma forte aposta no desenvolvimento de um cluster aeronáutico em Évora, três associações nacionais do setor querem que Évora seja também um cluster do Espaço e Defesa – Aeronáutica Espaço e Defesa - AED Cluster – e o projeto já conta com uma candidatura ao IAPME.

Páginas