Está aqui

Aeronáutica

Pilotos de aviões supersónicos equipados com marca alentejana

Da unidade fabril alentejana da U-Aerospace – do grupo empresarial francês Ulmer Aeronautique – instalada em Ponte de Sor, saem máscaras de oxigénio para pilotos de aviões supersónicos de todo o mundo.

Segundo avança um artigo da jornalista Paula Mourato, no MedioTejo.net, este ano, o grupo francês conta começar a produzir também capacetes no complexo aeronáutico do aeródromo municipal de Ponte de Sor, criando cerca de 30 novos postos de trabalho através da empresa LD Helmet e que já equipa algumas tripulações dos helicópteros do INEM, e outros pilotos no mundo inteiro.

 

Foguetões em Ponte de Sor podem gerar empregos e milhões de euros

Ponte de Sor recebe, a partir de hoje, quarta-feira, 120 estudantes de engenharia que vão construir foguetões para lançar e testar nos céus alentejanos.

Esta receção faz parte do EuRoc, uma competição universitária europeia de lançamento de pequenos foguetões (rockets), no âmbito da Portugal Air Summit, a maior cimeira aeronáutica da Península Ibérica que decorre na cidade alentejana até sexta-feira, para discutir o futuro dos setores da aviação, espaço, defesa e aeronáutica.

E se o caminho para o espaço passar por Ponte de Sor?

À primeira vista, a relação entre Ponte de Sor e o espaço parece ser distante, no entanto, o desenvolvimento do polo aeronáutico aí localizado e a realização, na passada semana, de um protocolo entre o Município e a Portugal Space – Agência Espacial Portuguesa vai certamente tornar essa ligação mais próxima.

Alentejo lança oferta formativa em Produção Aeronáutica

A indústria aeronáutica tem tido, nos últimos anos, um enorme crescimento motivado pelo aumento da construção de novas aeronaves a nível mundial e Portugal tem grandes empresas de fabrico de componentes aeronáuticos sediadas em Setúbal, Évora e Ponte de Sor. 
Apesar das dificuldades que estão a afetar esta indústria devido à pandemia da Covid-19,ainda assim e num mundo globalizado em que as viagens fazem parte do modo de vida moderno, seja na perspetiva do lazer, ou na perspetiva profissional, é expectável a recuperação de todas as atividades ligadas à aeronáutica.

Nova fábrica de aeronáutica em Évora

É fruto do investimento e parceria do CEiiA que se prevê venha a nascer uma nova fábrica de aeronáutica no Alentejo.

Nesta unidade fabril vai ser fabricado o avião ATL-100. O investimento inicial é na ordem dos 20 milhões de euros, em 3 anos, e o ATL-100 já tem compradores interessados de várias partes do mundo, segundo o diretor do CEiiA para a Aeronáutica e Defesa, Miguel Braga, em entrevista ao Diário de Notícias.

Boeing vs Embraer: o que vai acontecer às fábricas de Évora?

A norte-americana Boeing e a empresa brasileira Embraer – que detém várias fábricas em Portugal - tinham estabelecido um acordo de parceria antes da crise pandémica.

Ponte de Sor: há 100 anos com a cabeça no ar

Já passaram 100 anos desde que começou a ligação de Ponte de Sor à aviação.

Realizaram-se ontem, 31 de agosto, 100 anos da primeira aterragem de um avião em ponte de Sor.

Dada a centralidade geográfica da terra alentejana – entre norte e sul, interior e litoral, e a existência de caminhos de ferro, a pedido Exército português, em março de 1919, viria ser construido pequeno “Campo de Aterrissagem”, e que viria a ser inaugurado nesse mesmo verão.

Aeronáutica de Grândola recebe 8 milhões de euros de cofinanciamento

O Ministério do Planeamento e Infraestruturas homologou o apoio do Programa Operacional COMPETE 2020 ao investimento de 33 milhões de euros da empresa LAUAK. Este apoio vai contribuir para a implementação de uma nova unidade do setor aeronáutico em Grândola.

O cofinanciamento de 7,9 milhões de euros do Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional vai apoiar a criação de 274 novos postos de trabalho, cerca de 70 dos quais altamente qualificados, e possibilitar exportações no valor anual de 30 milhões de euros, sendo "objetivo" da empresa acolher cerca de 600 trabalhadores após 2023.

Ponte de Sor quer combater a falta de recursos humanos especializados na aeronáutica

Ponte de Sor está a preparar a terceira edição da maior Cimeira no setor aeronáutico, defesa e espaço da Península Ibérica, que vai decorrer este ano entre 30 de maio e 2 de junho, e tem no terreno um périplo por várias Universidades e Politécnicos nacionais, para dar a conhecer aos futuros técnicos especializados, as potencialidades, oportunidades de emprego e elevado crescimento de um setor em franca expansão.

Páginas