Está aqui

Sociedade

Em junho o arroz é rei no Alentejo

Pratos confecionados com arroz, acompanhado de outros produtos endógenos que o enriquecem e elevam a um novo nível, tais como pinhão, lingueirão, camarão, lavagante, choco, berbigão ou amêijoas, acomodados pelo sabor de um bom vinho local, como por exemplo, arroz de pato, canja de bacalhau com espinafres, arroz de cabidela, risotto ou até um delicioso arroz-doce, são as propostas da Rota do Arroz, o evento gastronómico de Alcácer do Sal.

Morreu antigo presidente da Câmara do Crato 

O antigo presidente da Câmara do Crato (Portalegre) Manuel Ferreira (entre 1993 e 1997), pela CDU, morreu ontem à noite aos 74 anos, revelou hoje fonte partidária.

“Foi sempre um lutador pelo poder local democrático, um exemplo de cidadania”, disse à agência Lusa o antigo presidente da Assembleia Municipal do Crato e membro Direção da Organização Regional de Portalegre do PCP (DORPOR), Fernando Carmosino.

Richie Campbell é cabeça de cartaz nas Festas de Mértola

Todos os anos, pela altura do Feriado Municipal de Mértola, que se assinala a 24 de junho, os festejos de São João fazem-se notar nas ruas, no Castelo e no tradicional palco junto ao Guadiana (no cais do Rio).

O potencial assassino do fato azul escuro

Esta é uma história fatídica, quase verídica e intensamente polémica, apesar de curta. Tudo aconteceu num dia muito quente de verão; em que o próprio suor se confundia com a fadiga. Sendo a história fatídica, verídica e polémica como é, as coisas acontecem rápido e de forma eficaz. Claro que, com todo o calor, o crime não compensa.

Numa avenida ampla daquela cidade que todos sabemos o nome por ecoar no nosso ouvido todos os dias, as casas estavam esburacadas das balas certeiras que tinham modelado o betão e afugentado todos os seres vivos que por lá andavam.

Vila Viçosa recria tempos de D. João IV

Há uma história de marca a relação do rei D. João IV com Vila Viçosa e que a marcou nos tempos. É uma história que deixamos para outra altura. Manter essa relação viva motiva anualmente aquela autarquia alentejana a recriar anualmente e durante 3 dias a época de ouro daquela vila alentejana com uma feira de inspiração renascentista, tradição só interrompida pela pandemia.

Moura volta a vestir-se de branco em junho

A Noite Branca está de regresso a Moura, para a sua 3.ª edição, o que acontece no próximo dia 18 de junho, depois de dois anos de interrupção.

Os organizadores dizem estar a preparar um programa que inclui artes circenses, exposição de arte, passagem de modelos, animação circulante, iniciativas que irão acontecendo em vários pontos da cidade.

A Noite Branca em Moura surgiu em 2018, tendo contado desde a primeira hora com o envolvimento do comércio local, de empresas, associações desportivas e culturais, artistas e outros atores locais de uma forma quase espontânea.

Cuidado com a inflação

Segundo dados publicados recentemente pelo INE a inflação em Portugal dispara para 7,2% em abril, sendo o valor mais alto dos últimos 29 anos. Comparando como o mês de março, tivemos um aumento de 1,9 pontos percentuais, que, de acordo com a estimativa rápida do Instituto Nacional de Estatística (INE), este aumento é influenciado pelos produtos energéticos e alimentares não transformados.

Aljustrel doa entradas da Feira do Campo Alentejano aos bombeiros

O Município de Aljustrel vai doar a totalidade das receitas das entradas da Feira do Campo Alentejano aos Bombeiros Voluntários de Aljustrel.

Carlos Teles, presidente daquela autarquia alentejana, diz que o Município considera justo que as receitas das entradas sejam entregues a uma corporação "que está todos os dias ao serviço da população.

A Feira do Campo Alentejano, realiza-se anualmente no Parque de Exposições e Feiras de Aljustrel, este ano vai para a 20ª edição e tem como cabeças de cartaz dos espetáculos Miguel Araújo e Syro.

"Casa do Alentejo" faz 99 anos

Os primórdios da Casa do Alentejo remontam ao início do séc. XX, quando as graves dificuldades vividas no Alentejo forçaram à emigração das populações do mundo rural para a cidade, em especial para Lisboa e periferias.

Desenraizados das suas terras, os emigrantes alentejanos desejam criar instituições, que lhes permitam o convívio entre com provincianos e os ajudem a amenizar a nostalgia das suas paisagens, amigos e familiares distantes, mas vão, igualmente, procurar intervir e manter vivas as tradições culturais da sua região de origem.

Concentrações de pólen elevadas nos próximos dias

Nos próximos dias, Portugal continental vai registar, segundo dados divulgados pela Sociedade Portuguesa de Alergologia e Imunologia Clínica (SPAIC), citada pela Lusa, concentrações muito elevadas de pólen.

No Alentejo (Central), existem valores altos de pólenes de oliveira, sobreiro, ervas gramíneas e tanchagem.

Estes valores vão manter-se elevados até, pelo menos, à próxima quinta-feira. Assim sendo, a SPAIC desaconselha a realização de atividades ao ar livre enquanto a situação não se alterar.

 

Fotografia de jornaldeleiria.pt  

Páginas