Política Nacional

Viana do Alentejo aprova pacote de medidas para acudir a "idosos, desempregados e às crianças"

O Município de Viana do Alentejo acaba de aprovar um pacote de 20 medidas e um Fundo de Emergência para acudir aos mais afetados pelo impacto social e económico da pandemia do Covid-19.

Para além da criação de um Fundo de Emergência Social com o valor inicial de 150 mil euros, aquela autarquia alentejana lançou também 20 medidas para "apoiar as famílias, as empresas, as IPSS e o movimento associativo".

Covid-19: Arrancaram os testes a 6 500 pessoas em lares do Distrito de Évora

O Distrito de Évora é um dos primeiros no país a arrancar com o rastreio à Covid 19 à totalidade de funcionários e utentes em lares de idosos. O rastreio começou no início desta semana e vai abranger cerca de 2700 funcionários e 3750 utentes, como adianta José Calixto, presidente daquela Comunidade Intermunicipal.

Adeus, Europa

É o título do filme que retrata o exílio do magnânimo escritor Stefan Zweig no Brasil, obrigado a abandonar a sua Europa que se auto destruía na Segunda Guerra Mundial, e que o perseguia na condição de judeu.

Covid-19: Somar vontades e ações para as soluções

O Baixo Alentejo, Portugal e o Mundo estão a enfrentar o maior desafio de saúde pública de gerações.

Em tempo de emergência, o que menos importa é ter quem subtraia, quando há uma mobilização geral para conter a pandemia e construir soluções de saúde para responder à exigência do vírus.

Barómetro Nielsen: O que estão a consumir os portugueses em altura de isolamento?

À terceira edição do Barómetro semanal da Nielsen sobre o impacto da pandemia Covid-19 no consumo assistimos à declaração do Estado de Emergência e ao encerramento das escolas, o que levou a que as famílias permanecem em casa e a uma consequente desaceleração das vendas. O crescimento nesta semana 12 (16 a 22 de março de 2020) face ao período homólogo é de 7%, um desacelaramento considerável comparativamente à semana anterior (+65%).

Portugal não foi caso único neste desaceleramento, sendo esta uma tendência uma tendência visível noutros países, nomeadamente em Espanha.

Alentejo: IPDJ põe jovens a apoiar idosos

Chama-se Programa “Apoio Maior” e o objetivo é dar resposta ao apoio comunitário de pessoas em isolamento.

Esta é uma iniciativa do Instituto Português do Desporto e Juventude (IPDJ) numa parceria com a Associação Nacional de Juntas de Freguesia (ANAFRE), sendo que a Direção Regional do Alentejo, dirigida por Miguel Rasquinho, conseguiu ser o território piloto e vai avançar já com este programa de voluntariado jovem para apoiar as comunidades desfavorecidas e vulneráveis no período de isolamento.

Governo aprova procedimentos a adotar em lares residenciais para idosos

O Governo aprovou o Despacho 4097-B/2020, que determina os circuitos e procedimentos a adotar estabelecimentos de cariz residencial para idosos e equipamentos da Rede Nacional de Cuidados Integrados (RNCCI) onde sejam detetados casos de infeção por Covid-19, visando proteger os utentes e os respetivos

Portalegre aciona Plano de Emergência

O acionamento do Plano Distrital de Emergência de Portalegre foi autorizado ontem, 2 de abril, com efeitos imediatos, pela Secretária de Estado da Administração Interna, Patrícia Gaspar.

Segundo a Câmara de Portalegre "todas as medidas contempladas já estavam implementadas no terreno, numa atitude coordenada de pró-atividade que pretendeu reforçar a prevenção e a proteção de todos que trabalham e residem no Distrito de Portalegre".

Governo distribui 162 mil máscaras pelas Forças de Segurança

O Ministério da Administração Interna está a distribuir um total de 122.000 máscaras aos elementos das Forças e Serviços de Segurança, da Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil (ANEPC) e de outras entidades na sua tutela.

No âmbito do combate à pandemia COVID-19, na quarta-feira foram entregues 52.000 máscaras à GNR e outras 52.000 à PSP, enquanto o SEF recebeu 7.000 e a ANEPC 10.000. As restantes 1.000 máscaras foram para outras entidades do Ministério.

Autoridades já detiveram 90 pessoas e encerraram 1633 estabelecimentos

Desde a declaração do Estado de Emergência, em vigor desde as 00h00 do dia 22 de março, a Guarda Nacional Republicana e a Polícia de Segurança Pública têm estado mobilizadas para a sensibilização, vigilância e fiscalização junto da população. Até às 18h00 de ontem, 1 de abril, foram detidas 90 pessoas por crime de desobediência, designadamente por violação da obrigação de confinamento obrigatório e por outras situações de desobediência ou resistência.

No mesmo período, foram encerrados 1.633 estabelecimentos por incumprimento das normas estabelecidas.

 

Páginas