Política Nacional

JUÍZES TOMAM POSSE EM BEJA

Na Comarca de Beja, o início do ano judicial está marcado para dia 5 de setembro. Como habitual, o facto é assinalado com uma cerimónia de tomada de posse dos novos magistrados colocados na mesma.

A cerimónia terá lugar na Sala de Audiências do Palácio da Justiça de Beja, a 5 de setembro, segunda-feira, pelas 10.30 horas.

Este será o primeiro ano judicial que decorrerá depois do anúncio da construção de novas instalações para o Tribunal Central do distrito, anunciado em junho pela ministra da Justiça, Francisca Van Dunen, e pelo presidente da Câmara de Beja, João Rocha.

DIRIGENTES ALENTEJANOS NO FÓRUM INTERNACIONAL DE JUVENTUDE PARA A IBEROAMÉRICA

No final deste mês, a 29 e 30 de agosto, dois dirigentes associativos juvenis alentejanos vão representar as associações juvenis alentejanas no Fórum Nacional do Organismo Internacional de Juventude para a Iberoamérica (OIJ).

A oportunidade surge através da FNAJ – Federação Nacional das Associações Juvenis, e o Fórum Internacional de Juventude para a Iberoamérica irá realizar-se em Braga, nas instalações do Instituto Português do Desporto e Juventude.

BARRAGEM DO PISÃO, SERÁ DESTA?

O Festival do Crato (Portalegre) começou ontem com os Capicua, HMB e Richie Campbell & Anthony B e segue hoje com Átoa, Ana Moura e James Morrison. Mas o grande destaque pode ter vindo logo da cerimónia de abertura do Festival.

José Correia da Luz, presidente da Câmara do Crato - na presença do Ministro do Ambiente Matos Fernandes – baseou a sua intervenção na desejada Barragem do Pisão – e recebeu do Ministro um sinal positivo ao referir que pode haver boas novidades nos próximos meses, apesar de não prometer nada.

ALENTEJO É O MAIS MAL SERVIDO DE MÉDICOS NO PAÍS

Segundo dados avançados hoje pela Rádio Pax (Beja), o Alentejo é a região do país com menos médicos por habitante.

Segundo números do Serviço Nacional de Saúde (SNS) o Alentejo tinha em junho passado 195 médicos por 100 000 habitantes. Se compararmos com o norte do país esse número sobe para 270 médicos por 100 000 habitantes. Já o centro conta com 284 médicos por 100 000 habitantes, Vale do Tejo com 261 e Algarve 216 médicos por 100 000 habitantes.

O BOMBEIRO ALENTEJANO QUE COMBATEU NA MADEIRA

Após a sempre terrível experiência dos fogos no país e apesar de ainda lavrarem alguns pelo país, muitos começam já a fazer o balanço de um ano que não foi fácil. Fomos conhecer Idalecio Ferreira Montemor, um dos 4 bombeiros alentejanos que se juntaram aos bombeiros na Madeira para combater um dos mais difíceis fogos de que há memória. Tem 37 anos, é solteiro e tem um filho. Nasceu na Amareleja e é Bombeiro Voluntário desde 2005, inserido atualmente na (EIP) Equipa de Intervenção Permanente, em Reguegos de Monsaraz, Évora.

EXPLORAÇÕES AGRÍCOLAS ALENTEJANAS DEBAIXO DE LUPA

A partir do próximo mês de setembro e até março de 2017, o INE - Instituto Nacional de Estatística vai realizar um Inquérito à Estrutura das Explorações Agrícolas nos distritos de Évora, Beja e Portalegre, alcançando ainda os concelhos de Alcácer do Sal e Santiago do Cacém e os distritos de Santarém e Bragança.

CAÇADORES QUEREM PROIBIÇÃO DA CAÇA À ROLA BRAVA

Hoje começa oficialmente a época de caça às rolas, pombo bravo, pato-real, galeirão e galinha de água mas com preocupações para os caçadores. Segundo Hélder Ramos, presidente da Federação Portuguesa de Caçadores, que alerta desde 2012 para a redução drástica da Rola Brava,  a "extinção da espécie a nível ibérico"  é eminente.

A situação é de tal maneira grave que o representante dos caçadores defende a suspensão da caça a esta espécie e um estudo sobre o declínio da espécie a nível ibérico.

UNIVERSIDADE DE ÉVORA PRECISA DE 1,4 MILHÕES PARA SALÁRIOS

Ana Costa Freitas, reitora da Universidade de Évora, pediu ao Governo que faça a transferência do reforço orçamental com carácter urgente, para suportar a reposição salarial, uma vez que, desde o início do ano, ainda não recebeu qualquer verba para o efeito, apesar dos compromissos do Governo.

A Reitora referiu à Agência Lusa que a gestão desta situação é difícil já que em causa estão 1,4 milhões de euros de compromissos e que a universidade "ainda não recebeu qualquer montante", explica dirigente da instituição.

HÁ MUITA GENTE A DORMIR NO ALENTEJO

O turismo e a hotelaria portuguesa estão a crescer e a bater recordes. Portugal está na moda e o primeiro semestre de 2016 registou um recorde de dormidas: 23,047 milhões – segundo dados do INE – Instituto Nacional de Estatística no Boletim de Atividade Estatística do Instituto Nacional de Estatística.

O Alentejo registou 640,78 mil dormidas neste período, um aumento de 2,7%, ou seja, mais 61,9 mil dormidas face a 2015, num ranking que continua a ser liderado pelo Algarve.

EXPORTAÇÕES DE VINHO ALENTEJANO EM QUEDA

Angola e Brasil foram até ao ano passado os dois melhores mercados de vinhos do Alentejo mas a crise económica em que vivem os dois países provocou quebras nas vendas com grande impacto para a região.

Páginas