Está aqui

Opinião

COMPASSO POLITICO

Como medir o espectro político? Como medir a quantidade de esquerdofilia ou direitofilia de um cidadão? A estas perguntas se propõe responder um grupo de pessoas através de um algoritmo matemático que, atribuindo pontos a respostas a perguntas adequadas coloca, quantificadamente, um ponto num gráfico bidimensional, cartesiano.

A MÚSICA

A história da vida dos Homens é escrita em livros e guardada em museus e arquivos grandiosos e antigos, onde se mistura com esculturas, pinturas, bustos, artefactos e muitos outros fragmentos de memória. A história da vida de um Homem não cabe num museu e, para ser contada, tem de ser escrita em volumes vários. Cada Homem é um fragmento da multitude de artes, conhecimentos e criação. A história da música confunde-se com a história dos Homens e é escrita em pautas e guardada nos ouvidos dos Homens que a ouvem, que a escrevem e que fazem parte da história.

BENNY GOODMAN

Caros leitores,

Após um interregno estou de regresso desta vez para vos falar de Benny Goodman. Possivelmente alguns de vós já ouviram falar neste nome e sabem que está associado à época dourada das Big Bands Americanas. Falamos por isso da década de 1930.

A ECONOMIA E O DIA DA CRIANÇA

Celebrou-se esta semana em Portugal, no dia 1 de junho, o Dia da Criança. Sem dúvida um excelente contexto para se começar uma crónica sobre Economia.

Uma breve pesquisa no Google, essa fantástica ferramenta de trabalho, permite identificar que nas dez primeiras entradas para economia para crianças, nove estão relacionadas com a educação financeira/economia doméstica.

Esta pesquisa é extremamente interessante, por dois motivos. O primeiro é que pessoalmente considero esta temática como fundamental para o futuro a médio/longo prazo da nossa sociedade. Porque em meu entender, parte da crise que atravessamos deve-se a uma certa falta de educação/literacia financeira. O segundo motivo deve-se ao facto de oito dos resultados serem provenientes do Brasil… É óbvio que, com cerca de 20 vezes mais população, as iniciativas sejam maiores neste país. Mas mostra também que em Portugal, pouco se faz a este nível. O que é uma lástima.

UM OLHAR PARA O PASSADO!

A luz é a campeã universal da velocidade sendo o "transporte" mais rápido de informação que se conhece.

PÃO E CIRCO?

Ao longo destes últimos dias, chegaram-me várias opiniões sobre o estado em que se encontram determinadas situações em Évora, sendo que já tive oportunidade de ver algumas presencialmente.

Em primeiro lugar, como já é do conhecimento público, a câmara e a entidade responsável pela instalação das escadas sitas junto à muralha durante a Feira de São João, acharam por bem colocar calços debaixo da estrutura metálica das escadas por forma a que estas chegassem às muralhas.

HERMENÊUTICA PARA TOTÓS

Nos meus mais tenros tempos de estudante, fazendo prova de grande ingenuidade, cheguei a perguntar a Urbano Tavares Rodrigues (1) se considerava legítima a minha interpretação do seu romance “Filipa Nesse Dia”. Ao que me respondeu que o texto, uma vez publicado, já não é seu. De facto, significa, parafraseando o autor, que o mais importante é o que nós lá encontramos e o que lá encontramos está lá.

Assim, segundo Urbano Tavares Rodrigues, a intenção do autor pode não corresponder à interpretação do leitor, mas autoriza que o segundo traga à luz do dia, pelo prisma da sua leitura, as obsessões mais profundas e o inconsciente do primeiro.

NOVOS CRONISTAS EM ESTREIA

A próxima semana marcará a estreia de dois novos cronistas.

Já amanhã, estreia Sandra Fontinha, natural de Bordéus, professora na área das línguas, sindicalista, ativista política e poetisa e que escreverá quinzenalmente, aos domingos.

 

Na quarta, será a vez de Paulo Ferreira, especialista em Economia e Gestão, professor do Ensino Superior e autor de vários livros na área da Economia, Gestão e Empreendedorismo.

O AMANHECER

O dia amanhece antes que o murmúrio do nosso olhar assente no horizonte. Há um Sol que surge sempre a Oriente e desaparece nos antípodas. Diria que somos conhecidos, que já nos vimos em muitos lugares do mundo, em tantas das minhas viagens e aventuras pelo globo terrestre fora.

MAIS UM ABSURDO EM FORMA DE LEI

Há coisas que não fazem mesmo sentido nenhum, nem pela forma, nem pelo conteúdo e muito menos pelo timing, é o caso da Lei da Cópia Privada, que o governo decidiu impor aos portugueses e que foi promulgada esta segunda-feira.

Páginas