Está aqui

Empresas

Mina de Aljustrel lança medidas para minimizar poeiras escuras

A empresa proprietária das Minas de Aljustrel, a Almina - Minas do Alentejo, empresa mineira de capitais portugueses detida pelo grupo I’M Minning, está a implementar medidas ambientais que minimizem a dispersão de poeiras na região. A iniciativa acontece depois do poder político local ter iniciado um debate em torno da qualidade do ar em Aljustrel.

Vaccum Flasher de 67 toneladas transportado de Sines para a Refinaria da Galp

Uma peça de grandes dimensões foi transportada do Porto de Sines para a Refinaria Galp através da empresa nacional de transportes especiais, a LASO. A peça, um "vacuum flasher" de alta tecnologia, que serve para aumentar a produção no processo de refinação de combustíveis e que foi desenvolvida pela SHELL, teve que ser transportada por transporte especializado, dadas as suas dimensões e peso.

Sines ligado à Ásia por Ferrovia

A MSC – Mediterranean Shipping Company, segundo maior armador do mundo no transporte contentorizado, anunciou o lançamento de um novo serviço ferroviário que conecta os exportadores espanhóis, entre os quais da zona sudoeste do país, ao mercado internacional, com ligações entre Sevilha, Córdoba e Valência a destinos no Mediterrâneo, Médio Oriente e Extremo Oriente.

Porto de Sines atinge 56,1% da carga movimentada no País

No ano de 2017, os portos comerciais do continente movimentaram 89,2 milhões de toneladas de mercadorias, o que constitui o valor mais elevado de sempre, representando um acréscimo de 1,3% face a 2016. Os números são adiantados pelo mais recente relatório da Autoridade da Mobilidade e dos Transportes, que já foi analisado pela especialista Revista Cargo.

Para estes números contribui uma espantosa quota de 56,1% que cabe ao Porto de Sines.

Inspecção dita futuro de fábrica de transformação de azeitona de Ferreira do Alentejo

A fábrica de Fortes, em Ferreira do Alentejo, dedicada à transformação de bagaço de azeitona e encerrada por ordem do IAPMEI por problemas ambientais, recebe hoje vistoria técnica do mesmo IAPMEI e da CCDR Alentejo, para avaliar possível reabertura.

Segundo a Voz da Planície, o regresso à laboração desejado pela proprietária, a AZPO, ainda durante este mês de outubro, está dependente deste procedimento cujo resultado não será imediato.

Évora inaugura novo hotel esta semana

O Tivoli Évora Ecoresort, do Tivoli Hotels & Resorts, é inaugurado esta quinta-feira em Évora. O hotel está a 3 km do centro histórico da cidade alentejana e vem juntar-se ao atual portfolio da marca Tivoli, que conta com 13 unidades em Portugal, no Brasil e no Qatar.

Alqueva constitui associação de proprietários e beneficiários

Está constituída a Associação de Proprietários e Beneficiários do maior lago artificial da Europa.

A APBA – Associação de Proprietários e Beneficiários do Alqueva, é formalmente apresentada no próximo dia 11 de outubro, em Beja e surge, segundo a EDIA, "na sequência da série de sessões abertas" que a empresa que gere o Alqueva promoveu há 1 ano atrás para a apresentação do Modelo Participativo dos Perímetros de Rega de Alqueva aos proprietários e agricultores dos seus perímetros de rega.

Conferência Ibérica sobre a Bolota em Évora

O Instituto de Ciências Agrárias e Ambientais Mediterrânicas da Universidade de Évora está a organizar a II Conferência Ibérica sobre a Bolota. A organização conta com a participação de 14 investigadores e cerca de duas centenas de participantes, num evento que se divide entre Évora e Montemor-o-Novo, em pleno território de Montado.

Fibra Ótica vai abranger 2 854 habitações em Castro Verde

A rede de Fibra Ótica já está em fase de instalação em Castro Verde e prevê-se a conclusão da obra até ao final do ano. Segundo António José Brito, presidente da Câmara Municipal de Castro Verde, a obra avança a bom ritmo já que são várias equipas a trabalhar na instalação da nova rede.
 

Vidigueira com novo Mercado Municipal

O Mercado Municipal de Vidigueira já está aberto ao público, após ter estado encerrado para obras de requalificação, num investimento que rondou os 350 mil euros, e que foram cofinanciados pelo FEDER em 85%.

O projeto foi executado no âmbito do Plano de Ação de Regeneração Urbana (PARU) de Vidigueira e contratualizado com a Autoridade de Gestão do Alentejo 2020. A requalificação daquele espaço deveu-se à iniciativa do município de encontrar "novas dinâmicas locais, como o incentivo à fixação de empresas e criação de novas atividades empresariais e postos de trabalho".

 

Páginas