Está aqui

Curiosidades

Golfinho encalhado na praia salvo pela GNR em Grândola

O Núcleo de Proteção Ambiental de Grândola da GNR salvou ontem um golfinho riscado, na praia da Raposa, em Grândola. O golfinho estava encalhado na praia e foi avistado por um pescador que deu o alerta imediato à GNR.

A equipa de militares que se deslocou ao local onde estava o golfinho levou cerca de duas horas até conseguir devolvê-lo ao mar, com o apoio do Porto de Abrigo – Centro de Reabilitação de Espécies Marinhas do Zoomarine, que acompanhou a complexa operação.

Imagem de capa de espacotalassa.com

 

 

Em Beja já cheira a Natal

Amanhã, 1 de dezembro acendem-se as luzes! Começa mais uma edição do “É Natal em Beja”, uma iniciativa da autarquia, em conjunto com a Associação do Comércio, Serviços e Turismo do Distrito de Beja, e que pretendem um Natal muito animado na cidade alentejana.

O programa de animação de Natal – até dia de Reis, 6 de janeiro - tem planeadas diversas atividades como um concurso de fotografia digital, um mercado de natal, um sorteio e um concurso de montras, além da novidade deste ano: “o Parque dos Sonhos”, um espaço exclusivamente dedicado aos mais novos.

Cuidado, não se molhe

Este fim de semana vai ser novamente marcado pela chuva pelo que não se deve esquecer do guarda chuva e dos impermeáveis.

As previsões do Instituto Português da Atmosfera (IPMA) para este sábado céu muito nublado e prevê períodos de chuva que podem passar a aguaceiros; as temperaturas mínimas vão descer, sendo que, nos pontos mais altos da Serra da Estrela, pode haver queda de neve.

Beja estará entre os 12 e os 18 graus, Évora entre os 11 e os 18 graus e Portalegre entre os 9 e os 13.

Monumento dos dadores de sangue em Portalegre vai ser demolido

O orçamento da Câmara de Portalegre para 2020 prevê gastar cerca de 50 mil euros, para demolição do monumento aos dadores de sangue, edificado na rotunda junto ao hipermercado E.Leclerc, como está a ser avançado pela Rádio Portalegre.

Destruição de património arqueológico no Alqueva não inviabiliza o seu potencial turístico

Destruição de património arqueológico no Alqueva não inviabiliza o seu potencial turístico, sugere novo estudo científico feito no Reino Unido.

Um estudo recente analisou de que forma os agentes de turismo cultural podem fazer uso da memória de património arqueológico que foi destruído durante a construção da barragem do Alqueva.

Há um presépio único em Monsaraz

Há um presépio único na também única Vila Medieval de Monsaraz. O presépio com figuras em tamalho real, cujas imagens já correram o mundo. O presépio com figuras em tamanho real vai celebrar duas décadas nas ruas de Monsaraz. A inauguração desta edição comemorativa do presépio vai decorrer no dia 1 de dezembro, às 15h, junto à Porta da Vila, com a atuação do Grupo Coral da Freguesia de Monsaraz.

Sines está a salvar expressões locais em desuso

O projeto "Dizeres" recolheu 625 unidades vocabulares e reteve 329 expressões "consideradas significativas para as comunidades de Sines", passadas agora para um "dicionário" digital vai poder ser consultado na página 'online' do município, e está dividido em três capítulos, "Mar", "Um pé na terra e um pé no Mar" e "Terra", representando as atividades desenvolvidas pela população local.

Nabeiro lança primeiro café com vitaminas e minerais para venda em farmácias

O Grupo Nabeiro – Delta Cafés continua a reforçar a aposta em inovação e apresenta duas novas gamas Delta Q: os cafés funcionais aQtive Coffees e o Delta Q Sweet Qoffee, o café que dispensa a adição de açúcar, dois lançamentos que pretendem proporcionar aos consumidores alternativas na área de saúde e bem-estar.

A Delta Q desenvolveu a primeira gama de cafés funcionais no mercado nacional - os aQtive Coffees - em parceria com o Laboratório português EDOL, Produtos Farmacêuticos e a Diverge, o Centro de Inovação do Grupo Nabeiro.

Moura mobilizou-se e construiu uma árvore de natal com 45 mil peças de materiais recicláveis

No mesmo dia em que é assinalado o Dia Internacional da Pessoa com Deficiência, 3 de dezembro, Moura volta a erguer aquela que é já um símbolo daquela comunidade, a Árvore da Partilha, uma árvore de natal feita de materiais recicláveis.

De Lisboa para o Hospital de Beja por um “Natal Diferente”

É um projeto da Associações de Estudantes da Faculdade de Medicina de Lisboa e da Faculdade de Ciências Médicas da Universidade Nova de Lisboa aquele que trará ao Hospital de Beja um “Natal Diferente”.

É a primeira vez desta iniciativa no Hospital de Beja, mas já aconteceu nas unidades de saúde da grande Lisboa, Madeira e Santarém.

Páginas